#
CONTACTE-NOS
(+351) 226 156 500
A UTOPIA DA HOSPITALIDADE - UNIDADE NA DIVERSIDADE
25 FEV 2019
Entre os que consideram que a hospitalidade é um imperativo ético e que dele decorre a institucionalização do multiculturalismo como garante da unidade na diversidade e os que consideram que as democracias são comunidades de cidadãos unidos pelos princípios da liberdade e da igualdade, independentemente dos particularismos culturais. 

Orador:
- Milton Hatoum
- Lidia Jorge

Comentador:
- Ana Paula Coutinho

Moderador:
- Isabel Pires de Lima
Milton HATOUM nasceu em Manaus (1952). Estudou arquitetura na USP e estreou-se na ficção com "Relato de um certo Oriente” (1989), vencedor do prémio Jabuti (melhor romance). Seu segundo romance, "Dois irmãos” (2000), foi traduzido para doze idiomas e adaptado para televisão, teatro e quadrinhos. Com "Cinzas do Norte” (2005), Hatoum ganhou os prémios Jabuti, Portugal Telecom, Livro do Ano, Bravo! e o Grande Prémio da Associação Paulista de Críticos de Arte. Em 2006, lançou "A cidade ilhada”, uma reunião de contos breves. Em 2008, seu romance "Órfãos do Eldorado” foi adaptado para o cinema, e em 2013 reuniu suas crónicas em "Um solitário à espreita”. Em 2018 recebeu da  Maison de l´Amérique Latine e do Pen Club da França o prémio "Roger Caillois" pelo conjunto da obra.  O romance "A Noite da espera” (2017), publicado recentemente em Portugal, é o primeiro volume da trilogia "O lugar mais sombrio”.   
Lídia Jorge escreve ficção, romance e conto, ensaio, teatro e crónica que publica em diversos jornais do país. O seu primeiro romance, O Dia dos Prodígios, foi publicado em 1980, o último, Estuário, um livro sobre a vulnerabilidade do Mundo contemporâneo, saiu em Maio do ano passado.  Os seus livros estão publicados em vinte línguas. Actualmente, colabora com a RDP, Antena 2,  onde é responsável pelo programa Em Todos os Sentidos,
Ana Paula Coutinho é Professora da Faculdade de Letras do Porto e Coordenadora Científica do Instituto de Literatura Comparada Margarida Losa ( www.ilcml.com).
Há 30 anos que se dedica ao estudo de diferentes autores e de várias dimensões da literatura contemporânea numa perspectiva simultaneamente inter/transnacional  e interdisciplinar. Nos últimos anos, tem-se debruçado  em especial sobre as representações literárias e artísticas do exílio, com destaque para as questões estéticas e éticas subjacentes.   

Professora Emérita da Universidade do Porto. Professora Catedrática Aposentada da Faculdade de Letras da Universidade do Porto. 
Investigadora do Instituto de Literatura Comparada Margarida Losa (Unidade I&D da FCT). Professora convidada em Universidades europeias, africanas, americanas e asiáticas. 
Doutorada em Literatura Portuguesa com a tese As Máscaras do Desengano - para uma leitura sociológica de ‘Os Maias’ de Eça de Queirós (1987); especialista em Literatura Portuguesa Moderna e Contemporânea e em estudos queirosianos com dezenas de títulos publicados; trabalha ainda em Estudos Interartísticos e em Literaturas Comparadas em Língua Portuguesa. Promotora de inúmeros colóquios e congressos nacionais e internacionais.
Deputada à Assembleia da República Portuguesa (1999-2005/2008-2009).
Ministra da Cultura de Portugal (2005-2008).
Vice-Presidente do Conselho de Administração da Fundação de Serralves para os triénios 2016-8; 2019-21.
Grande Oficial da Ordem do Infante D. Henrique.

#
  • LocalAuditório de Serralves
  • Horário21h30 - 23h00
  • Dias25 FEV 2019

Ser Amigo faz a diferença.
Junte-se a nós! 

MoradaRua D. João de Castro, 210
4150-417 Porto Portugal
Latitude 41º9'35.40"N
Longitude 8º39'35.35"W
CONTACTE-NOS 226156500
SIGA-NOS
Serralves