Facebook Linkedin Twitter
#
"BLESSED" DE MEG STUART/DAMAGED GOODS & EIRA - 17 JUN
17 JUN 2017
Um guião apocalíptico em formato teatral, incluindo aparições divertidas de um bailarino de carnaval brasileiro: um rapaz, vestido de branco e de sandálias, passeia por um paraíso de cartão com um cisne do Lago dos Cisnes, uma palmeira dos Mares do Sul e uma cabana. Mas em breve o seu paraíso entra em decadência. A catástrofe chega na forma de uma chuva forte e impiedosa que traz a destruição em vez da prosperidade. O tempo torna-se o fator crítico e enquanto o cenário de Doris Dziersk se vai desmoronando, o bailarino e coreógrafo Francisco Camacho sofre uma transformação e é confrontado com a tarefa impossível de construir um abrigo com cartão encharcado. Remetendo para o contexto do furacão Katrina, a peça de Stuart mostra um colapso lento sem escapatórias – até à corrida em câmara lenta por um campo devastado.
A peça recebeu o prémio da crítica francesa em 2008 e um Bessie Award na categoria de "outstanding visual design” em 2012. Stuart e Camacho tinham já trabalhado juntos em Disfigure Study no ano de 1991; em 2007, Stuart desenvolveu para ele Blessed, que introduziu numa partitura musical de Hahn Rowe.

Co-Financiado pelo NATIONALES PERFORMANCE NETZ (NPN) International Guest Performance Fund for Dance, através de Fundos da Comissão para a Cultura e Media do Governo Federal Alemão, com base numa resolução do Parlamento Alemão.


Imagem: (c) Julieta Cervantes 
Co-Financiado por
#
  • LocalAuditório de Serralves
  • Horário18h00 - 19h30
  • Dias17 JUN 2017
  • Preço€ 10,00
Coreografia: Meg Stuart
Criação com e Interpretação por: Francisco Camacho, Abraham Hurtado & Kotomi Nishiwaki
Música: Hahn Rowe, Dramaturgia Dramaturgy, Bart Van den Eynde
Instalação: Doris Dziersk
Guarda-roupa: Jean-Paul Lespagnard
Luz: Jan Maertens
Assistente de Coreografia: Abraham Hurtado
Assistente de Cenografia: Ania Pas
Direção de Produção: Tanja Thomsen
Produção: Damaged Goods & EIRA
Co-produção: Kunstencentrum Vooruit (Gent), Volksbühne am Rosa-Luxemburg-Platz (Berlin), PACT Zollverein (Essen), Centro Cultural de Belém (Lisboa), Théâtre de la Bastille (Paris), Festival d'Automne (Paris)
Nascida em Nova Orleães, Meg Stuart é uma coreógrafa norte-americana e performer, a viver e trabalhar entre Berlim e Bruxelas. A convite do Klapstuk Festival em Leuven (1991), criou a sua primeira peça, Disfigure Study, peça que inaugurou a programação performativa do Auditório de Serralves. Com interesse em conceber a sua própria estrutura para desenvolver projetos artísticos, Stuart fundou Damaged Goods em Bruxelas em 1994. Durante todos estes anos, Meg Stuart e Damaged Goods têm criado uma enorme variedade de projetos, desde solos a coreografias de grande escala, incluindo site-specific, instalações e projetos de improvisação. O seu trabalho coreográfico centra-se em torno da ideia de um corpo incerto, vulnerável e consciente. Através da improvisação, Stuart explora estados físicos e emocionais ou a memória destes.

Ser Amigo faz a diferença.
Junte-se a nós! 

MoradaRua D. João de Castro, 210
4150-417 Porto Portugal
Latitude 41º 9'35.40"N
Longitude 8º39'35.35ºW
CONTACTE-NOS 226156500
SIGA-NOS
Serralves