Facebook Linkedin Twitter
#
FESTA DO OUTONO 2011
25 SET 2011

Venha celebrar a chegada do Outono em Serralves. Um dia em Família, para todas as idades!

No dia 25 de Setembro, Domingo, a partir das 10h00, Serralves organiza a terceira edição da Festa do Outono, para celebrar a chegada da nova estação. Todos os anos há música, teatro infantil, percursos na Quinta e oficinas em família; e ainda uma Feira do Livro Infantil e uma Feira de Produtos Biológicos, com venda de compotas, ervas aromáticas, azeites e muito mais.

Por tudo isto a Festa do Outono em Serralves é uma celebração em família da chegada da nova estação, dos seus produtos típicos e das suas tradições. Das 10h às 20h vamos festejar com todos quantos nos visitarem.

O acesso é gratuito e realiza-se pelo portão da Avenida Marechal Gomes da Costa e Rua Bartolomeu Velho 141.

Contamos consigo!

ASSISTA AQUI AO VÍDEO DA FESTA DO OUTONO 2010!



PROGRAMA FESTA DO OUTONO 2011:

(Por motivos imprevistos este programa poderá estar sujeito a alterações)

Actividades Relacionadas
MÚSICA

TOQUES DO CARAMULO
Este grupo de Águeda vai buscar as antigas canções que vieram da Serra e por eles foram apre(e)ndidas há muito – no Cancioneiro, na Orquestra Típica, junto de pais e avós – mas com tudo o que também aprenderam de outras músicas a meter-se pela tradição dentro.
Mas também são influenciados pelos perfumes da música africana, do jazz, do flamenco e da folk galega, do klezmer e dos Balcãs, para além da sombra assumida e tutelar de grandes cantautores nacionais como Fausto ou José Afonso, a mostrar que muitas músicas, tal como as boas castas de uvas, podem misturar-se livremente e contribuir para uma música nova. E tal como Luís Fernandes – o responsável da maior parte dos arranjos – e os seus companheiros as imaginam e nos dão, assim, a saborear.
Público-alvo: Famílias
Horário: 11h00 (duração: 90 min)
Local: Prado


GAITEIROS DE LISBOA
Considerados como um dos mais originais projectos de reinvenção da música tradicional portuguesa, as características distintivas dos Gaiteiros de Lisboa continuam a ser uma constante busca de novas sonoridades, a inovação dentro da tradição e a
criatividade aplicadas à construção de instrumentos concebidos pelo próprio Grupo.
O Grupo,  formado em 1991, tem feito o seu percurso em torno da música popular/tradicional, com participações em projectos musicais de outros grupos e autores consagrados no âmbito da Música Tradicional, do Rock, do Jazz, da Música Clássica e da Música Antiga, tais como José Afonso, Sérgio Godinho, Vitorino, Amélia Muge, Rui Veloso, Sétima Legião ou Adufe.
Talvez daí venha uma procura incessante de novidade, de mostrar aos outros não o que a música é, mas o que pode ser se cada um de nós se puser a pensar de uma forma criativa.
Público-alvo: Famílias
Horário: 18h00 (duração: 60 min)
Local: Prado

BAILE MANDADO

BAILE DOS CORPOS EXTRAORDINÁRIOS, FIMP – FESTIVAL INTERNACIONAL DE MARIONETAS DO PORTO
 
O ponto de partida foi o “Baile dos Gordos”, um conceito original de Diana Regal. Trata-se de um baile mandado em que os dançarinos, voluntários de entre o público, envergam fatiotas concebidas por esta artista. Assim vestidos, roliços e divertidos, executam, ao som de música popular tocada ao vivo e da voz de comando da mandadora, um conjunto de danças tradicionais europeias. A dança, a música e a festa são potenciadas por estes corpos ligeiros e volumosos. Gordos e gordas, macrocéfalos (cabeçudos) e gigantes (gigantones) já estão inscritos neste baile, outras formas serão inventadas pelo colectivo alargado de criadores.  As formas tradicionais e populares, os projectos vanguardistas, as utopias modernistas, as rupturas propostas pela performance e um número ilimitado de influências, referências e imaginários, pululam ( e pulam!) nesta dança. Estão todos convidados a participar!
Público-alvo: Famílias
Horário: 14h30 (duração: 90 min)
Local: Prado

Direcção Artística: IGOR GANDRA
Direcção Plástica: RAUL CONSTANTE PEREIRA E DIANA REGAL
Assistente de Direcção Artística: RODRIGO MALVAR
Música: CELINA PIEDADE, GUSTAVO COSTA E HENRIQUE FERNANDES
Mandadora: MERCEDES PIETRO MARTINEZ
Equipa de Dinamização: ROSÁRIO COSTA, JOANA DOMINGOS, VASCO GOMES, RITA GOMES, JULIETA GUIMARÃES
Parceria FIMP 2011 e Porto 2.0 - Manobras no Porto com o envolvimento: Teatro do Frio e Companhia Erva Daninha
Produção: FIMP

ACTIVIDADES CONTÍNUAS

FEIRA DO LIVRO INFANTIL
Abrangendo uma vasta selecção de títulos a Fundação de Serralves e a Livraria Leitura oferecem aos mais novos muitos poemas, jogos, histórias e aventuras, que nos ajudam a incentivar o gosto pelos livros junto das crianças.
Horário: 10h00-19h00
Local: Pátio da Nogueira

FEIRA DE PRODUTOS BIOLÓGICOS
Venha conhecer os produtos biológicos que seleccionámos especialmente para toda a família: compotas, molhos, ervas aromáticas e azeites, entre muitos outros produtos.
Horário: 10h00-19h00
Local: Pátio da Nogueira

DOCUMENTÁRIOS SOBRE CIDADANIA E AMBIENTE
O que esconde a palavra permacultura? Define-se como um modelo de sustentabilidade que procura a harmonia com a natureza e que, encontra em Portugal, cada vez mais adeptos.
Conheça as motivações de portugueses e estrangeiros que decidem trocar dinheiro por conhecimento, inter- ajuda e gratificação abraçando o voluntariado ambiental.
As hortas renascem nas cidades – descubra quais as motivações dos seus promotores, e quais os grandes desafios que este movimento enfrenta em termos de enquadramento, formação e segurança alimentar.
Viaje ainda ao  encontro de variedades regionais com cunho “bio”, como a pêra-rocha, a cereja de Resende e as maçãs de montanha de Armamar.

Selecção de episódios do programa "Biosfera", magazine semanal da RTP2 que dá relevo às questões ambientais, com produção da Farol de Ideias (cortesia RTP2).

Público-alvo: famílias (maiores de 8 anos)
Horário: 10h00-19h00
Local: Sala de formação Espaço.Parque
Sem marcação prévia, sujeito à lotação em cada momento.

OFICINAS EM FAMÍLIA
Actividades para todas as idades. Sem marcação prévia, sujeito à lotação em cada momento.
Horário: 10h00-19h00

Animais (re)inventados
Construir animais com palha e outros materiais naturais é a proposta desta oficina, que contará com a criatividade de cada um para a criação em família de bonecos-brinquedo inspirados nos bichos da Quinta e da horta. Uma viagem através do imaginário das crianças e adultos, com espaço para a criação de novas e fantásticas criaturas (re) inventadas ao sabor do momento.
Orientação: Dina Marques, Carla Alves, Ana Martins, Anabela Pereira
Local: jardim Maria Nordman

Cores e Aromas na Quinta
No Outono o Parque de Serralves veste-se de um colorido peculiar, nas suas paisagens de tons vermelhos, amarelos e castanhos. (Re)descobrir algumas das utilizações das plantas aromáticas, desvendar as suas propriedades, usos medicinais e culinários ou produzir tintas 100% naturais são o mote para momentos divertidos em família.
Esta oficina prevê saídas de campo a realizar com grupos de participantes (máximo 25) para visita orientada à colecção de Plantas Aromáticas do Parque de Serralves.
Orientação oficina: Mundo Científico, Lda.
Orientação visitas: José Pedro Fernandes
Local: jardim Maria Nordman

Animais da Quinta
Vamos descobrir como vivem a vaca, a ovelha, a égua, os patos e as galinhas. A partir do contacto directo com estes animais, nesta oficina desvendam-se as suas formas e revestimentos, os diferentes tipos de locomoção e de que se alimentam no seu dia-a-dia na Quinta.
Esta oficina prevê saídas de campo a realizar com grupos de participantes (máximo 25) para obervação e contacto com  animais da Quinta.
Orientação oficina: Mundo Científico, Lda.
Orientação visitas: Fernando Teles
Local: jardim Maria Nordman

Histórias de Outono
No Outono, as árvores vestem-se de outras cores, as castanhas saem dos ouriços e muitas aventuras acontecem no Parque de Serralves. Vamos criar uma história divertida e levá-la para casa num livro construído em família.
Orientação: Sónia Borges, Paulo Jesus, Raquel Correia, Raquel Sambade
Local: jardim Maria Nordman

Nique-pique em Serralves
Esta oficina propõe aos participantes que assumam o papel de cozinheiros e numa brincadeira de “faz de conta” usem criativamente materiais com cores e consistências que imitam produtos alimentares reais. O desafio passa por criar uma refeição saudável e económica inspirada em ementas construídas por nutricionistas para esta oficina! Os pratos e as toalhas esperam por isso.
Orientação: Cristina Camargo, Joana Nascimento, Sofia Santos, Paula Duarte
Local: jardim Maria Nordman

Bichinhos da Horta
A Horta da Quinta esconde inúmeros seres vivos pequeninos que são muito importantes para o seu funcionamento natural. Caracóis, minhocas, bichos da conta e pulgões são alguns exemplos do que vamos poder capturar e observar durante a oficina.
Esta oficina prevê saídas de campo a realizar com grupos de participantes (máximo 25) para visita orientada à Horta em busca de exemplares para observação.
Orientação oficina: Mundo Científico, Lda.
Orientação visitas: José Manuel Grosso, Pedro Sousa – um projecto em parceria com CIBIO, Centro de Investigação em Biodiversidade e Recursos Genéticos do ICETA/Universidade do Porto
Local: Horta

Pintura na Quinta
Em cavaletes ao ar livre, a partir da observação do espaço envolvente, vamos fazer pinturas com tintas coloridas conjugando formas reais e imaginárias, em pinceladas que celebram a chegada do Outono!
Orientação: Carlos Carvalho, André Rodrigues, Marco Ramos, Tomé Moreira
Local: Horta

Sabores de Outono
Relembrar alguns produtos tradicionais da Quinta, como o azeite ou o pão, aprender a confeccionar, de um modo simples e divertido manteiga e queijo fresco, ou simplesmente provar chás, compotas e mel, são as propostas desta oficina para apurar e recordar sabores.
Orientação: Mundo Cientifico, Lda.
Local: Celeiro

À Borda D'Água
Munidos de lupas, pinças e caixas de petri, propõe-se descobrir a vida dos lagos e tanques do Parque de Serralves. Larvas de insectos, escaravelhos ou pequenos crustáceos, serão o motivo de diversão e aprendizagem em família.
Orientação oficina: Mundo Científico, Lda.
Orientação visitas: Raquel Ribeiro – um projecto em parceria com CIBIO, Centro de Investigação em Biodiversidade e Recursos Genéticos do ICETA/Universidade do Porto
Em exibição no espaço da oficina: Reportagem "Biodiversidade às portas da cidade", publicada na edição on-line do jornal Público, com realização de Gustavo Lopes e Ricardo Rezende (cortesia Público).
Local: Lagar

Fornos Artesanais e...Frigoríficos Solares
Esta oficina apresenta uma técnica tradicional de construção de fornos de pão com barro, areia e palha e partilha ainda uma forma de construção de frigoríficos que funcionam a energia solar. A descoberta dos princípios básicos que regem o funcionamento das coisas, a criatividade e a utilização de materiais orgânicos não poluentes animam a vontade de revisitar saberes ancestrais à luz de precupações contemporâneas com a protecção do meio ambiente.
Orientação: Mundo Científico
Local: junto à Cabana

Mãos no Pão
Esta oficina propõe aos participantes experimentarem amassar pão que será cozido em fornos que foram construídos em Serralves para a Festa do Outono. Recuperar saberes antigos é a proposta desta oficina que partilha formas de preparar fermento natural, amassar, levedar e cozer pão. No final, vamos provar pão cozido durante a Festa!
Orientação: Complexo de Educação Ambiental da Quinta da Gruta – Câmara Municipal da Maia e Padeiro das farinhas Nacional.
Local: junto à Cabana

Nos trilhos do Burro Mirandês
O Burro é um animal extremamente dócil que faz parte da tradição agrícola portuguesa. Nesta actividade, propõe-se que as famílias conheçam e participem em pequenas tarefas que fazem parte do seu cuidado diário. Algumas crianças serão convidadas a dar um pequeno passeio de burro pela Quinta.
Orientação: AEPGA (Associação para o Estudo e Protecção do Gado Asinino)
Local: Octógono

TEATRO / DANÇA

MANSARDA – Circolando

 “Mansarda” instala-nos nesse lugar entre céu e terra – o sótão, as águas-furtadas –, propondo-nos uma súmula de várias ideias de casa. Uma súmula de memórias vivas, feitas de terra, ar e água, com a forma redonda do tempo solar: dia, noite, Inverno, Verão. Numa  sucessão de quadros que podem ter diversas leituras, a obra abre-se às histórias singulares de cada espectador.
Público-alvo: Famílias (crianças maiores de 6 anos)
Horário: 19h15 (duração: 75 min)
Local: Prado

Ficha artística

Criação colectiva
Direcção artística: André Braga e Cláudia Figueiredo
Direcção e concepção plástica: André Braga
Dramaturgia: Cláudia Figueiredo
Composição musical: Alfredo Teixeira
Realização plástica: Nuno Guedes, Carlos Pinheiro, Sandra Neves, Américo Castanheira, Inês Mariana Moitas
Desenho de luz: Cristóvão Cunha
Desenho e operação de som: Harald Kuhlmann
Interpretação: Ana Madureira, André Braga, Inês Oliveira, João Vladimiro, Mafalda Saloio, Patrick Murys
Produção: Ana Carvalhosa (direcção) e Cláudia Santos
Coordenação técnica e operação de luz: Francisco Tavares Teles
Direcção de cena: Ana Carvalhosa
Palco e montagem: Nuno Guedes, Carlos Pinheiro, Nuno Brandão

co-produção Circolando, Próspero - Projecto Plurianual de Cooperação Cultural, Centro Cultural de Belém e Teatro Nacional São João
residência de criação Teatro Virgínia

Circolando é uma estrutura subsidiada pelo Ministério da Cultura / Direcção Geral das Artes
Outros apoios: IEFP / Cace Cultural do Porto

PARCERIAS
CIBIO, Centro de Investigação em Biodiversidade e Recursos  Genéticos do ICETA/Universidade do Porto
AEPGA - Associação para o Estudo e Proteção do Gado Asinino
Complexo de Educação Ambiental da Quinta da Gruta – Câmara Municipal da Maia
FIMP – Festival Internacional de Marionetas do Porto
#
  • Publico AlvoGeral
  • Horário10h00 - 20h00
  • Dias25 SET 2011

Ser Amigo faz a diferença.
Junte-se a nós! 

MoradaRua D. João de Castro, 210
4150-417 Porto Portugal
Latitude 41º 9'35.40"N
Longitude 8º39'35.35ºW
CONTACTE-NOS 226156500
SIGA-NOS
Serralves