#
CONTACTE-NOS
(+351) 226 156 500
FORMAS DE (IN)VISIBILIDADE - ARTE E ESPIRITUALIDADE
10 OUT 2019
Arte é transcendência e imanência. Das suas formas exala a fruição apolínea, a contemplação, talvez o consolo do Belo. Para lá destas, fora dos limites físicos da sua materialidade, no processo noético anterior à substância e à palavra, lateja a incontenção dionisíaca, talvez o eco do medo primordial. 

Dom humano por excelência este que vê por dentro das coisas o que elas não mostram por fora, razão e emoção dialogam num silêncio do qual há-de emergir ainda mais silêncio e, deste, um inconsciente individual, cidadela do tempo de cada um. 
Assim procede também a Ciência quando longe da inibição dos métodos: a intuição do inimaginável onde os processos só veem o possível. 

Dados, objetos, visões e instrumentos não chegam para chegar tão longe. É preciso mais. É preciso imaginação, ousadia e, sobretudo, rebelião. Ver não é o que se vê mas o que se pensa e não se vê.
Pedro Abrunhosa

Oradores:
Luis Portela
Joana Vasconcelos

Moderador:
Vitor Gonçalves

Acesso: €5 (50% desconto para Estudantes, >65 e Amigos de Serralves)

Licenciado em Medicina, exerceu atividade clínica e docente universitária apenas nos primeiros anos da sua carreira, optando depois por se dedicar à empresa de sua família - Bial -, de que foi CEO de 1979 a 2011, passando, então, a chairman. 
Também foi presidente do Health Cluster Portugal (2008-2017), presidente do Conselho Geral da Universidade do Porto (2009-2013), vice-presidente da Fundação de Serralves (2001-2008) e membro da Direção da Cotec (2006-2012).
Entre outras distinções, é Comendador da Ordem do Mérito e Grã-Cruz da Ordem do Mérito; Doutor Honoris Causa da Faculdade de Medicina de Cádis, da Universidade do Porto e da Faculdade de Farmácia da Universidade de Coimbra; e Prémio de Neurociências da Louisiana State University, nos EUA.
Publicou nove livros, sendo os mais recentes "Ser Espiritual - Da Evidência à Ciência”, em 28ª edição, e "Da Ciência ao Amor - pelo esclarecimento espiritual”, em 12ª edição.

Joana Vasconcelos (1971) artista plástica. Reconhecida pelo seu agudo sentido de escala, domínio da cor e apropriação / subversão de objetos pré-existentes do quotidiano cria obras como Egeria (2018), da série valquírias, A Noiva (2001_05) ou ainda Solitário (2018) que ilustram a visão crítica, mas simultaneamente cúmplice da sociedade contemporânea.

Kunsthal Rotterdam, Museu e Parque de Serralves, Royal Academy of Arts, Museu Guggenheim Bilbao, Musée d'Art Moderne et Contemporain de Estrasburgo, ARoS Aarhus Kunstmuseum, Manchester Art Gallery, Manchester, Palácio Nacional da Ajuda, Museo Nacional Thyssen-Bornemisza ou o Château de Versailles são apenas alguns dos locais por onde Joana Vasconcelos teve a oportunidade de expor o seu trabalho
Foi Editor de Política Nacional, Correspondente em Washington, Director Adjunto de Informação. Atualmente é apresentador e coordenador do programa Grande Entrevista. É licenciado em Comunicação Social e mestre em Ciência Política.
Mecenas do Ciclo de Conferências
#
  • LocalAuditório
  • Horário21h30 - 23h00
  • Dias10 OUT 2019

Ser Amigo faz a diferença.
Junte-se a nós! 

MoradaRua D. João de Castro, 210
4150-417 Porto Portugal
Latitude 41º9'35.40"N
Longitude 8º39'35.35"W
CONTACTE-NOS 226156500
SIGA-NOS
Serralves