Facebook Linkedin Twitter
#
INSTALAÇÃO "HÁ LUZ NO PARQUE" 2016
de 15 JUL 2016 a 28 AGO 2016
As noites de julho e agosto voltam a ser iluminadas no Parque de Serralves! O "Há Luz no Parque” está de volta, dando continuidade a esta iniciativa que teve lugar pela primeira vez em 2015, no âmbito do Ano Internacional da Luz. Ao longo de todo o Parque e celebrando o notável património que este encerra, vários serão os percursos, árvores e elementos construídos icónicos que estarão de novo decorativamente iluminados, transformando o ambiente noturno do Parque numa experiência única de magia e luz a não perder. Com momentos musicais, visitas guiadas, workshops de fotografia noturna e noites com horário prolongado dedicadas aos amantes da fotografia, muitos serão os motivos para uma nova visita (noturna) ao Parque de Serralves. 

Horários:
As luzes da instalação acendem às 21h00 e a entrada é pelo portão da Avenida Marechal Gomes da Costa: 
- dias de semana: 21h00-00h00 (durante a semana o Parque encerra entre as 19h00 e as 21h00);
- fins de semana: 20h00-00h00 (ao fim de semana o Parque está aberto em contínuo das 10h00 às 00h00).
Entrada: portão da Avenida do Marechal Gomes da Costa. 
Acesso: mediante aquisição de bilhete Parque (bilheteira aberta até às 23h00).

Notas: 
- as visitas orientadas têm uma lotação máxima de 35 participantes, mas não há reserva de bilhetes. Os bilhetes estão disponíveis para compra online ou na receção do Museu.
- as visitas orientadas podem assumir circuitos diferenciados mediante o público participante, de forma a incluir PMR (Pessoas com Mobilidade Reduzida).
Actividades Relacionadas
INAUGURAÇÃO: 15 JUL (SEX), 21H30-00H00

Com entrada gratuita, pelo portão da Av. Marechal Gomes da Costa. 

Concerto de abertura, 22h00, em frente à Casa de Serralves 
JORGE COELHO & FILIPE LOPES 
O percurso de Jorge Coelho inicia-se no final da década de 1980 e desde então tem-se desenrolado e desdobrado em inúmeros projetos, dos Cosmic City Blues aos Zen, passando por muitas colaborações, bandas sonoras e a recente banda instrumental TORTO.
"Lusco”, o trabalho que aqui se apresenta, junta a guitarra de Coelho às transformações eletrónicas de Filipe Lopes, músico que tem desenvolvido trabalho na área da composição eletroacústica e digital bem como instalações multimédia.  
Coelho e Lopes propõem inspirar-se no ambiente noturno do Parque de Serralves e na sua revelação através da iluminação para assim alimentar a matriz da criação musical e da sua transformação.
"Lusco”. De um olho só, vesgo; música a céu aberto do universo do Olho Torto.

VISITAS NOTURNAS AO PARQUE

Visite o Parque à noite, livremente ou em visitas guiadas e redescubra o seu encanto, ou deixe-se encantar pela primeira vez com este jardim histórico singular da arte paisagista europeia.

Notas:
as visitas orientadas têm uma lotação máxima de 35 participantes, mas não há reserva de bilhetes. Os bilhetes estão disponíveis para compra online ou na receção do Museu.
- as visitas orientadas podem assumir circuitos diferenciados mediante o público participante, de forma a incluir PMR (Pessoas com Mobilidade Reduzida).

20 JUL (QUA), 21h30-23h30 - Visita Exclusiva para Amigos de Serralves
Com Marco Ramos (Educador do Serviço Educativo).
Realizada no âmbito da instalação "Há Luz no Parque”, nesta visita noturna ao Parque de Serralves, os participantes terão oportunidade de saber mais sobre a história e curiosidades do Parque enquanto partem à (re)descoberta dos seus espaços mais emblemáticos e das suas árvores mais notáveis, agora artisticamente iluminados. Uma experiência inesquecível a não perder.
Para qualquer esclarecimento por favor contacte Manuela Ferreira, m.ferreira@serralves.pt

VISITAS NOTURNAS ORIENTADAS, 21h30-23h00
Com Marco Ramos (Educador do Serviço Educativo).

Nestas visitas noturnas ao Parque de Serralves, os participantes terão oportunidade de saber mais sobre a história e curiosidades do Parque enquanto partem à (re)descoberta dos seus espaços mais emblemáticos e das suas árvores mais notáveis, agora artisticamente iluminados. Uma experiência inesquecível a não perder.
Acesso: 5€ (entrada livre para crianças até aos 12 anos de idade)
Amigos de Serralves: 4,50 €
Lotação: 35 adultos
Para qualquer esclarecimento por favor contacte Carla Almeida, c.almeida@serralves.pt
MÚSICA

Acesso: mediante aquisição de bilhete Parque (bilheteira aberta até às 23h00).

15 JUL (SEX) e 16 JUL (SÁB), 22H00
Jorge Coelho & Filipe Lopes
O percurso de Jorge Coelho tem-se desdobrado em inúmeros projetos, dos Cosmic City Blues aos Zen, passando por muitas colaborações, bandas sonoras e a recente banda instrumental TORTO. "Lusco”, o trabalho apresentado no "Há Luz no Parque”, junta a guitarra de Coelho às transformações eletrónicas de Filipe Lopes, músico que tem desenvolvido trabalho na área da composição eletroacústica e digital. Coelho e Lopes propõem inspirar-se no ambiente noturno do Parque de Serralves e na sua revelação através da iluminação, para assim alimentar a matriz da criação musical e da sua transformação.

22 JUL (SEX) e 23 JUL (SÁB), 22H00
Laura Cannell
O violino de Laura Cannell tem vindo a ocupar um lugar de destaque no mundo atual da folk britânica. Combinando elementos de música tradicional e medieval com a improvisação, onde se destacam as técnicas por si desenvolvidas como as do "arco desconstruído”, a artista convoca a influência emocional da paisagem, os chamamentos dos animais ou fragmentos de música litúrgica para a construção de uma música de câmara solitária que escapa à trama do historicismo, habitando um território imaginado onde se cruzam o contemporâneo e o arcaico.

05 AGO (SEX) e 06 AGO (SÁB), 22H00
Angélica Salvi & OCP
Angélica Salvi é uma harpista sediada no Porto e especializada em improvisação, música contemporânea e experimental. Enquanto solista, colaborou com diversos compositores e tem trabalhado com várias orquestras e ensembles, entre os quais a Orquestra Sinfónica da Casa da Música e o Remix Ensemble. Entre os vários colaboradores com quem tem desenvolvido projetos no âmbito de contextos mais exploratórios, encontramos João Ricardo, ou OCP, um músico e produtor portuense que se tem dedicado de forma particular e abrangente à eletrónica, enveredando por caminhos que vão do registo mais experimental, passando pelo ambiental até ao tecno. Os dois têm desenvolvido o projeto multidisciplinar Paisajes Invisibles onde os sons da harpa da Salvi são manipulados em tempo real por Ricardo, juntamente sons pré-gravados, todos contribuindo para a construção de atmosferas paisagísticas. 

12 AGO (SEX) e 13 AGO (SÁB), 22H00
Blac Koyote c/ Henrique Portovedo 
No projeto Blac Koyote, José Alberto Gomes tem vindo a construir um espaço próprio onde confluem todas as eletrónicas que povoam o seu imaginário, construído paulatinamente no confronto com influências várias. Aqui apresenta o trabalho "IO” (o  nome de uma das quatro grandes luas de Júpiter) para o qual convida Henrique Portovedo, um saxofonista associado à música contemporânea que tem vindo a colaborar com compositores, orquestras e ensembles nacionais e internacionais. Apesar de estar localizada numa região gélida, a lua IO é descrita como o que mais se aproxima do conceito de inferno, sendo o local com maior atividade vulcânica do Sistema Solar. É este ambiente de extremos que inspira esta obra, difundida em quadrifonia para que a sua progressão contínua envolva o público nas suas texturas resultantes das relações íntimas entre o saxofone e a artificialidade do processamento eletrónico.

19 AGO (SEX) e 20 AGO (SÁB), 22H00
Maxwell August Croy
"Kaniza” é o título do recente álbum de Maxwell August Croy (editado em K7), músico conhecido de colaborações como o projeto En e o seu duo com Sean McCann. Residente na Costa Oeste dos Estados Unidos, é um dos responsáveis pela editora de referência Root Strata. Nesta sua primeira aventura a solo, entretece os sons acústicos e processados do koto e do piano com elementos de eletrónica, resultando numa música que alterna entre o aconchego planante e o borbulhar mais inquieto. As tonalidades são tendencialmente quentes e meditativas, ocasionalmente interrompidas por jatos multicoloridos de distorção e pelos sons mais brilhantes dos instrumentos acústicos.

26 AGO (SEX) e 27 AGO (SÁB), 22H00
Cóclea
Ouvir a música de Cóclea, o projeto a solo de Guilherme Gonçalves, leva-nos a compreender melhor o seu contributo para os Gala Drop: a ele muito deve, ainda hoje, após a sua saída, o psicadelismo daquela banda de Lisboa. Mas mais do que isso, permite-nos circunscrever o seu universo musical próprio. Gonçalves usa uma imensa panóplia de pedais de efeitos e processadores eletrónicos, mas sempre tendo uma guitarra de seis-cordas como utensílio principal. É como se a densidade gasosa da cauda de um cometa se dissipasse para deixar ver uma superfície limpa, brilhante e transparente de cristais.
WORKSHOPS DE FOTOGRAFIA NOTURNA NO PARQUE

21 (QUI) e 28 (QUI) JUL, 25 AGO (QUI), 27 AGO (SÁB), 21h
As paisagens noturnas são encantadoras e misteriosas, potenciando a criatividade ao fotógrafo numa das vertentes mais espetaculares da fotografia. 
Tirando partido da instalação de luz "Há Luz no Parque”, esta é uma oportunidade imperdível para fotografar a paisagem única do Parque de Serralves iluminado. Uma proposta desafiante para uma saída noturna diferente!
Neste workshop os participantes terão uma breve formação teórica, seguida de uma saída para o Parque para fotografar e aplicar os conhecimentos obtidos.
Os participantes devem estar munidos de uma câmara fotográfica digital que permita o controlo manual da exposição, da focagem, da sensibilidade e da temperatura de cor e um tripé. Não sendo obrigatório, recomenda-se o uso de um cabo disparador ou disparador remoto.

Com Pedro Figueiredo

Com Filipe Braga

Com Pedro Figueiredo


Inscrição: 20€*
Amigos de Serralves: 18€ 
Ponto de encontro: receção do Museu 
Lotação: 15 adultos 
Mínimo de participantes para realização: 
Para qualquer esclarecimento por favor contacte m.ferreira@serralves.pt

*Nota: O valor do workshop inclui a entrada no Parque e o acesso à instalação Há Luz no Parque. 
#
#
  • LocalParque de Serralves
  • Horário21h00 - 00h00
  • Dias 15 JUL 2016 - 28 AGO 2016
Vistas da instalação

Ser Amigo faz a diferença.
Junte-se a nós! 

MoradaRua D. João de Castro, 210
4150-417 Porto Portugal
Latitude 41º 9'35.40"N
Longitude 8º39'35.35ºW
CONTACTE-NOS 226156500
SIGA-NOS
Serralves