Facebook Linkedin Twitter
#
CONTACTE-NOS
(+351) 226 156 500
MANOEL DE OLIVEIRA: O IMAGINÁRIO DO DOURO
de 03 DEZ 2018 a 08 DEZ 2018
A Fundação de Serralves e a Câmara Municipal de Vila Real apresentam no Teatro Municipal de Vila Real um ciclo dedicado às representações do Douro no cinema de Manoel de Oliveira. 
Das visões modernistas de Douro, Faina Fluvial (1931) às especulações metafísicas de O Estranho Caso de Angélica (2010), o Douro – o rio e a região – constitui um dos focos privilegiados da obra do cineasta. 
Histórias e personagens saídas deste território vinícola, entre Vila Real, a Régua e Lamego, construídas muitas vezes em colaboração com Agustina Bessa-Luís, tornaram-se parte indissociável da paisagem do Douro e participam da sua riqueza patrimonial. 
Aliando olhar etnográfico e recriação ficcional, Manoel de Oliveira engendrou um universo cinematográfico que se fundiu para sempre com este lugar, um conjunto de filmes que compõem e desafiam o seu imaginário.

Actividades Relacionadas
03 DEZ (SEG), 21H00

O ESTRANHO CASO DE ANGÉLICA
Portugal, 2010, 97 min.
Com apresentação de Ricardo Trêpa.


04 DEZ (TER), 21H00

FRANCISCA
Portugal,1981, 165 min.
Com apresentação de Diogo Dória.

05 DEZ (QUA), 21H00

VALE ABRAÃO
Portugal, França, Suíça, 1993, 203 min.
Com apresentação de Luís Miguel Cintra.

06 DEZ (QUI), 21H00

O PRINCÍPIO  DA INCERTEZA
Portugal, França, 2002, 133 min.
Com apresentação de António Preto.

08 DEZ (SÁB), 18H00

DOURO, FAINA FLUVIAL
Portugal, 1931, preto e branco, 18 min.

ANIKI-BÓBÓ
Portugal, 1942, 68 min.
Com apresentação de Fernanda Matos.

Colaboração
  • LocalTeatro Municipal de Vila Real
  • Dias 03 DEZ 2018 - 08 DEZ 2018

Ser Amigo faz a diferença.
Junte-se a nós! 

MoradaRua D. João de Castro, 210
4150-417 Porto Portugal
Latitude 41º 9'35.40"N
Longitude 8º39'35.35ºW
CONTACTE-NOS 226156500
SIGA-NOS
Serralves