Facebook Linkedin Twitter
#
CONTACTE-NOS
(+351) 226 156 500
MIRA SCHENDEL
de 01 MAR 2014 a 24 JUN 2014
Arte é nostalgia de Deus, não precisa pintar aquilo que se vê,
nem aquilo que se sente, mas aquilo que vive em nós [...].
Tanta dor me levou a um meio de expressão. Não sei se
minha pintura é grande, só sei que é arte.
Mira Schendel


Esta será a primeira grande exposição em Portugal de Mira Schendel. Pouco conhecida no nosso país — onde expôs individualmente uma única vez em 1966, na Galeria Buchholz, em Lisboa —, Schendel conta-se entre os mais prolíficos e significativos artistas latino-americanos. Contemporânea de Lygia Clark e Helio Oiticica, com eles contribuiu para redefinir a linguagem do modernismo europeu no Brasil. 

Nascida em Zurique em 1919, Schendel viveu em Milão e Roma antes de emigrar para o Brasil em 1949. Em 1953, fixou-se em São Paulo, onde viveu e trabalhou até à sua morte, em 1988. A experiência precoce de deslocações culturais, geográficas e linguísticas e um profundo interesse pela história da religião e pela filosofia marcam todo o seu trabalho. Além de ajudar a criar no Brasil um círculo de intelectuais oriundos de áreas diversas do conhecimento (psicanálise, literatura, filosofia, teologia) – muitos, entre eles Vilém Flusser, judeus emigrados como ela –, Schendel manteve contacto com vários pensadores europeus, como Jean Gebser, Max Bense  e Umberto Eco.

 

A presente exposição, que reúne mais de 200 pinturas, esculturas e desenhos da artista, alguns apresentados pela primeira vez, constitui uma oportunidade inédita para avaliar a singularidade, a vastidão e a importância da obra e a variedade de temas e meios explorados pela artista. As primeiras pinturas (1955?65), muito raramente exibidas, ajudam a perceber o confronto, transversal a todo o seu notável percurso, entre impulsos figurativos e complexidades geométricas. A paradigmática série Droguinhas (1965?66) ? esculturas de papel de arroz originalmente expostas na Signals Gallery, em Londres, em 1966 ? ilustram de forma exemplar a tensão entre a fragilidade dos materiais e a força com que são transmutados em esculturas. Apresentados pela primeira vez na Bienal de Veneza de 1968, os Objetos Gráficos evidenciam a muito singular abordagem de temas relacionados com a linguagem e o significado. A seu lado estarão algumas das mais emblemáticas instalações (como Ondas Paradas de Probabilidade, de 1969, e Variantes, de 1977) e a última série de pinturas de Mira Schendel.

Comissariado: Tanya Barson (Curadora de Arte Internacional, Tate Modern) e Taisa Palhares  (Curadora, Pinacoteca do Estado de São Paulo)

Exposição organizada por Tate Modern e Pinacoteca do Estado de São Paulo em associação com a Fundação de Serralves — Museu de Arte Contemporânea, Porto


Imagem: Mira Schendel, Objeto gráfico, c. 1968. Óleo e decalque sobre papel de arroz e acrílico. 100 x 100 cm. Daros Latinamerica Collection, Zurique. Fotografia: Peter Schälchli, Zurique, cortesia Daros Latinamerica.
Actividades Relacionadas
INAUGURAÇÃO

28 fev (sex), 22h00-24:00, entrada livre
Mais informação aqui
ENCONTROS NA EXPOSIÇÃO
Acesso: mediante aquisição de bilhete Museu+Parque

01 MAR (SÁB), 17H30
Com as curadoras Taísa Palhares (Pinacoteca de São Paulo / Brasil) e Tanya Barson (Tate Modern / Reino Unido)

20 MAR (QUI), 18H30
Com o poeta José Tolentino de Mendonça

Neste dia a exposição de Mira Schendel permanece aberta ao público até às 20h00.
Mais informação aqui

17 ABR (QUI), 18H30
Com a artista Leonor Antunes, seguido do lançamento do livro Leonor Antunes: casa, modo de usar
Informação
Este evento foi cancelado por motivos imprevistos.
Pelo facto apresentamos as nossas desculpas e agradecemos a sua compreensão.

20 JUN (SEX), 19H00
Com a historiadora de arte Giulia Lamoni (IHA/UNL)
Mais informação aqui
VISITAS GUIADAS

Acesso: mediante aquisição de bilhete Museu+Parque
08 MAR (SÁB), 15H00
Visita exclusiva para Amigos de Serralves com Paula Fernandes (curadora do Museu)

30 MAR (DOM), 12h−13h, gratuita

Por Cristina Alves, monitora do Serviço Educativo
Mais informação aqui

27 ABR (DOM), 12h−13h, gratuita

Por Joana Nascimento, monitora do Serviço Educativo
Mais informação aqui

11 MAI (DOM), 12h−13h, gratuita

Por Joana Nascimento, monitora do Serviço Educativo
OFICINAS PARA FAMÍLIAS

30 MAR (DOM), 10h−13h, gratuito

Oficina "Paisagens datilografadas" por Cristina Camargo, Joana Nascimento e Sofia Santos
Mais informação aqui

05 ABR (SÁB), 15h−18h
Oficina "Portas dos Pensamentos" por Ana Vieira e Andreia Coutinho
Mais informação aqui
Mecenas Exclusivo do Museu
Apoio
Projeto "Serralves Ecossistema Criativo" co-financiado por:
#
  • LocalMuseu de Serralves
  • Publico AlvoGeral
  • Dias 01 MAR 2014 - 24 JUN 2014

Guy Brett sobre Mira Schendel

Apresentação
Desenhos

"Unwelt", "Mitwelt" e "Eigenwelt" 


"Droguinhas"


Ser Amigo faz a diferença.
Junte-se a nós! 

MoradaRua D. João de Castro, 210
4150-417 Porto Portugal
Latitude 41º 9'35.40"N
Longitude 8º39'35.35ºW
CONTACTE-NOS 226156500
SIGA-NOS
Serralves