Facebook Linkedin Twitter

OFICINAS ARTES E AMBIENTE

As oficinas são atividades que têm por objetivo estimular a curiosidade, a criatividade e a reflexão por intermédio da prática. O conceito de "hands on/minds on”, de que a experimentação está associada ao processo pedagógico, é a base das nossas oficinas e laboratórios realizados em sala, no Parque ao ar livre, entre o Museu e a Casa de Serralves ou em articulação com a Biblioteca.

…em Sala

O MUNDO DAS PEQUENAS COISAS
Nenhuma criança deveria crescer sem se maravilhar com o imenso mistério que habita a natureza, o calor da terra, a dança das nuvens, a luz de uma gota de orvalho… Nenhuma criança deveria crescer sem se encantar com a sabedoria dos bichos, tão pequeninos, alguns, que se abrigam nas ranhuras das árvores, debaixo de uma pedra ou nas pétalas das flores… Inspirados na obra "Maravilhar-se” de Rachel Carson e caminhando pela Quinta, vamos abrir os sentidos e observar, ouvir e cheirar… Saborear o instante e ouvir a música das pedras, entrar dentro do formigueiro ou do buraco da toupeira e, aí, contemplar o mistério. Depois, vamos ler estórias nas árvores, ouvi-las no vento, desenhá-las no ar e pintar os momentos mágicos de crescer com a imaginação. Maravilhando-nos, descobriremos a constante mutação das cores, dos sons e das formas nas "pequenas coisas” do mundo natural, tantas vezes tão escondidas que passam despercebidas.
Conceção: C. Camargo − Oficinas de Artes
Público-alvo: ensino pré-escolar e básico
Funcionamento: 1h30 duração (pré-escolar), 2h (básico)
Lotação: 10 alunos (mín.)/30 alunos (máx.)

… no Parque ao ar livre

O JARDIM IMAGINÁRIO: PODE O PARQUE SER UM MUSEU? 
Vamos sair do museu. O que vemos? O que identificamos? Da vegetação às construções, das esculturas aos espaços, das texturas às sensações, identificaremos os elementos e as mudanças ocorridas no Parque ao longo do tempo, assim como os diferentes ambientes que o compõem, encontrando, nos jardins, intersecções entre a paisagem, a arquitetura e a arte. Através de exercícios de recolha, nomeação, interpretação, representação e organização, transformaremos o natural em construído, este em arte e esta em ambiente; faremos do Parque um edifício e levaremos, no bolso, o (nosso) jardim imaginário.
Conceção: João Almeida e Silva
Público-alvo: ensino pré-escolar, básico e secundário
Funcionamento: 2h duração
Lotação: 10 alunos (mín.)/20 alunos (máx.)


Ser Amigo faz a diferença.
Junte-se a nós! 

MoradaRua D. João de Castro, 210
4150-417 Porto Portugal
Latitude 41º 9'35.40"N
Longitude 8º39'35.35ºW
CONTACTE-NOS 226156500
SIGA-NOS
Serralves