Facebook Linkedin Twitter

Fundadores

SERRALVES COM 23 NOVOS FUNDADORES, O MAIOR NÚMERO DE NOVAS ENTRADAS DESDE 1989

A 6 de dezembro de 2016, a reunião do Conselho de Fundadores de Serralves, que anualmente reúne dezenas de representantes de instituições fundadoras, foi palco da assinatura de protocolos de novo Fundador com 23 entidades. Este é um número recorde que constitui a maior operação de entrada de novos Fundadores desde que a Fundação de Serralves foi constituída em 1989, com um número inicial de 50 Fundadores.
Entre os novos Fundadores de Serralves estão oito empresas, 14 Câmaras Municipais de norte a sul do país e um Fundador a título individual. Estes números são reveladores do intenso trabalho de crescimento e descentralização da Cultura protagonizado por Serralves ao longo do ano de 2016, cuja face mais visível são as inúmeras exposições da Coleção de Serralves realizadas em autarquias por todo o país, com o grande objetivo tornar a coleção de arte contemporânea de Serralves acessível para além das portas do Museu, permitindo assim o alargamento da rede de acesso e de aproximação das populações à arte e à cultura.
Aníbal Cavaco Silva recebeu nesta ocasião o estatuto de Fundador de Serralves a título honorário, à semelhança do que tem acontecido com todos os Presidentes da República desde que a Fundação de Serralves foi criada.

O sucesso do projeto Serralves depende, em larga escala, da sua capacidade para estabelecer uma associação duradoura e mutuamente enriquecedora com as diferentes entidades que constituem o seu Conselho de Fundadores.
Ser Fundador de Serralves é participar num projeto de objetivos ambiciosos, cuja ação é reconhecida nacional e internacionalmente e identificar-se com os valores positivos de uma Instituição relevante no domínio das artes e da paisagem, cujas iniciativas têm um forte impacto na comunidade.
O contributo dos Fundadores tem-se revelado fundamental para a Fundação poder enfrentar o significativo esforço financeiro decorrente da concretização das inúmeras atividades e projetos realizados graças ao apoio, que recebeu desde a sua criação e continua a receber, dos seus Fundadores, nomeadamente do Estado, assim assegurando uma programação de reconhecida qualidade e uma ação pedagógica de largo alcance social.

Benefícios Fiscais
O Estado reconhece a importância da ação da Fundação e por isso concede um regime de benefícios fiscais às empresas que a apoiam, no âmbito do Capítulo X do Estatuto dos Benefícios Fiscais, permitindo majorar os seus gastos para efeitos fiscais.
A contribuição atribuída a título de mecenato beneficia automaticamente deste regime, conforme expressamente estabelecido no n.º 2 do artigo 3º do DL n.º 240-A/89 de 27 de Julho (que instituiu a Fundação de Serralves e aprovou os respetivos Estatutos), alterado pelos DL n.º 163/2001 de 22 de Maio e DL n.º 129/2013 de 27 de Junho. 
Assim sendo, na redação em vigor, este donativo é considerado gasto do exercício na sua totalidade e majorado em 130%  (contratos anuais), ou 140% (contratos plurianuais), conforme disposto nos números 4, 5 e 6 do artigo 62º - B do Estatuto dos Benefícios Fiscais.

 
Conselho de Fundadores
Luis Braga da Cruz – Presidente

Ser Amigo faz a diferença.
Junte-se a nós! 

MoradaRua D. João de Castro, 210
4150-417 Porto Portugal
Latitude 41º 9'35.40"N
Longitude 8º39'35.35ºW
CONTACTE-NOS 226156500
SIGA-NOS
Serralves