Facebook Linkedin Twitter
#
CONTACTE-NOS
(+351) 226 156 500
A Utopia Social – Rendimento Básico Incondicional: Estado e Mercado
05 JUL 2018
Entre os que consideram que o Rendimento Básico se enquadra numa perspetiva de aprofundamento do Estado Social e são críticos do neoliberalismo, e os que têm uma perspetiva mais centrada no mercado. 

Orador: Guy Standing
Comentadores: Alan Thomas, Francisco Louçã e Martim Avillez Figueiredo
Moderador: Roberto Merrill 


Bilhete por Sessão: €5 (50% desconto para Estudantes, >65 e Amigos de Serralves)
Passe Bilhetes 8 sessões: €35  (50% desconto para Estudantes, >65 e Amigos de Serralves)
  • LocalAuditório de Serralves
  • Horário21h30 - 23h30
  • Dias05 JUL 2018
  • Preço€ 5,00
  • Amigo de Serralves€ 2,50
Guy Standing é Professor na School of Oriental and African Studies (SOAS) da Universidade de Londres. É membro fundador e um dos Presidentes honorários da Basic Income European Network (BIEN), a rede mundial dedicada a investigar e promover o Rendimento Básico Incondicional (RBI). Foi Diretor do Programa de Segurança Socioeconómica da Organização Internacional do Trabalho (OIT) e tem-se interessado por temas como a segurança económica, o precariado e o RBI. É autor de várias obras, entre as quais se destacam O Precariado. A Nova Classe Perigosa (Presença, 2014) e Basic Income: and how we can make it happen (Pelican, 2017).
Alan Thomas é Professor de Filosofia na Universidade de York, no Reino Unido. Formado em Cambridge, Harvard e Oxford, interessa-se por temas de ética, filosofia política, filosofia da mente e do conhecimento. Entre as suas publicações, destacam-se as obras Value and Context (OUP, 2006), Republic of Equals. Predistribution and Property-owning Democracy (OUP, 2016), Thomas Nagel (Routledge, 2009) e Bernard Williams (org.) (CUP, 2009).
Francisco Louçã (n. Lisboa, 1956). Professor catedrático de economia no ISEG, Universidade de Lisboa. Foi deputado (1999-2013) e é Conselheiro de Estado. Publicou recentemente "Sombras”, com Michael Ash (Bertrand, 2018).
Martim Avillez Figueiredo é licenciado em Comunicação Social e Cultural e mestre em Teoria e Ciência Política Contemporânea pela UCP, tendo feito investigação na Universidade de Oxford. Jornalista com presença regular em vários meios de comunicação social portugueses, foi diretor adjunto da Sábado, diretor do Diário Económico e do jornal i, tendo igualmente sido administrador da Impresa. Atualmente é senior partner da CoRe Capital Partners e partner da Fabstart - Fábrica de Startups. É autor do livro Será que os Surfistas Devem Ser Subsidiados? (Aletheia, 2013).

Roberto Merrill é Professor de Ética e de Filosofia Política do Departamento de Filosofia da Universidade do Minho, onde dirige o Mestrado em Filosofia Política. É investigador no Centro de Ética, Política e Sociedade da mesma universidade e investigador associado do CEVIPOF (Sciences Po-Paris). Os seus interesses de investigação em filosofia política incluem a neutralidade liberal, o paternalismo e o pluralismo de valores, assim como as teorias contemporâneas da justiça distributiva. Terminou recentemente um livro sobre o rendimento básico incondicional.

Ser Amigo faz a diferença.
Junte-se a nós! 

MoradaRua D. João de Castro, 210
4150-417 Porto Portugal
Latitude 41º 9'35.40"N
Longitude 8º39'35.35ºW
CONTACTE-NOS 226156500
SIGA-NOS
Serralves