#
CONTACTE-NOS
(+351) 226 156 500
Ética e Economia | Arte e Espiritualidade
13 JUN 2019
Como as sociedades utilizam os recursos para produção de bens e a forma como estes, e mais-valias, são distribuídos entre os indivíduos é matéria comum à Economia e à Ética. 
Em ‘A República’, Platão debruçou-se sobre as ligações do poder aos meios de produção, à justiça, à verdade, lançando as bases para uma teoria Ética que assenta na ideia final do Bem. Na crise financeira global do início do século XXI percebeu-se a ausência de empatia das lideranças do sistema financeiro para com os cidadãos, pondo a nu a psicopatia despreocupada das suas práticas. Falências, despejos, ruína total para milhares de famílias expuseram o desprezo dos envolvidos e a sua real motivação Ética.
Ausente, o Bem, imatéria sublime da Espiritualidade, revela como a ação desmente o discurso. 


Pedro Abrunhosa

Oradores:
Paulo Teixeira Pinto
Viriato Soromenho-Marques

Comissariado do Ciclo de Conferências: Pedro Abrunhosa e Paulo Mendes Pinto
I. Elementos Pessoais   Paulo Jorge de Assunção Rodrigues Teixeira Pinto nasceu em Angola a 10 de Outubro de 1960    

II. Habilitações 
Licenciado em Direito, na especialidade de Ciências Jurídico-Políticas, pela Universidade de Lisboa  (1978-1983)  Licenciado em Direito, na especialidade de Ciências Jurídicas, pela Universidade Livre (1978-1983)  
Curso de Doctorado em História do Direito, pela Universidade Complutense de Madrid
Programa de Estratégia Empresarial, pelo INSEAD de Fontainebleau  Programa de Alta Direcção de Empresa, pela AESE.

III. Experiência Académica   
Leccionou na Faculdade de Direito e na Faculdade de Letras (Curso de Especialização em Ciências Documentais) da Universidade de Lisboa
Ministrou a disciplina de Estratégia num Executive Master da Universidade Católica Portuguesa 
Vice-Presidente do Conselho Geral da Universidade de Lisboa 
Membro do Conselho Consultivo da Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra
Membro do Júri do Prémio Universidade de Lisboa 
Membro do Conselho de Orientação Estratégica da Faculdade de Ciências Económicas e Empresarias da Universidade Católica Portuguesa 
Secretário-Geral  e docente da Universidade Livre 
Presidente do Conselho Fiscal da Nova Forum – Instituto de Formação de Executivos da Faculdade de Economia da Universidade Nova de Lisboa    Foi distinguido com a medalha da Universidade de Lisboa
 

IV. Experiência Pública 
Secretário de Estado da Presidência do Conselho de Ministros e Porta-Voz do XII Governo Constitucional
Representante do Governo Português no Programa "Public Management" da OCDE  Membro do Conselho Consultivo do Plano Tecnológico  
 

V. Experiência Empresarial 
Presidente do Conselho de Administração do Banco Comercial Português entre Março de 2005 e Setembro de 2007
Vice-Presidente da Associação Portuguesa de Bancos (2005-2007)
Membro do Conselho de Administração e do Conselho Geral e de Supervisão da EDP  Senior Advisor da Eurogroup Consulting 
Exerceu, nomeadamente, os seguintes outros cargos sociais: 
Membro do Conselho Nacional da CIP – Confederação da Indústria Portuguesa
Presidente do Conselho Fiscal da Centralcer
Vice-Presidente da Assembleia Geral do TagusPark
Membro do Conselho Consultivo da Empresa de Cimentos Liz (Brasil)  Membro do Executive Committee da IPA - International Publishers Association 
Presidente do Conselho Editorial do jornal i  Presidente da Direcção da APEL - Associação Portuguesa de Editores e Livreiros
Presidente do Conselho de Administração da BABEL, SGPSA, SA
Vice-Presidente da Abreu Advogados
Membro do Conselho de Administração da LENA, SGPS, SA

 
VI. Intervenção Cívica  

Membro do Conselho Geral da Fundação Portuguesa "A Comunidade Contra a Sida”
Membro da Direcção e Presidente do Conselho Fiscal  do Círculo Eça de Queiroz
Presidente da Assembleia Geral da Sociedade Histórica da Independência de Portugal 
Sócio efectivo da Sociedade de Geografia de Lisboa e do Instituto Português de Corporate Governance 
Membro do Alto Patrocínio da Ajuda de Berço – Associação de Solidariedade Social  
Membro da Academia das Letras e Artes
Presidente da Causa Real
Recebeu as insígnias de Cavaleiro da Ordem do Santo Sepulcro de Jerusalem e de Comendador da Real Ordem de Nossa Senhora da Conceição de Vila Viçosa


VII. Actividade Profissional 
Exerce presentemente as funções de:
Presidente da Assembleia Geral da Associação Portuguesa de Editores e Livreiros  Presidente da Assembleia Geral da Trienal de Arquitectura  Presidente da Direcção o Instituto Lusíada de Cultura   


VIII. Bibliografia Principal 
Livros 
”Do Direito ao Império em D.Sebastião”(1985)   "Compêndio de Direito Económico e Financeiro” [ em co-autoria] (1991)  "Um dever chamado futuro” (2001)   "Querer Crer” (2002)  ”LXXXI – Poema Teorema” (2008)          Estudos e artigos (extra publicações em órgãos de comunicação social) 
”Auctoritas”, in Estudos de Direito Romano, Volume 2 (1991)  "O Associativismo Empresarial” (1998)  ”A Lógica da Vida ou uma equação sem incógnitas”, in Vida e Direito, Reflexões sobre um Referendo (1998)  ”Do absurdo e obsoleto à sua tentação da eternidade”, in POLIS, Revista de Estudos Jurídico-Políticos (1999)    ”A Real Mesa Censória e as Fontes de Doutrina Política”, Separata de Estudos de Homenagem ao Prof. Doutor Raul Ventura (2003)  ”Vinte e cinco fragmentos de uma leitura filial da carta encíclica Centesimus Annus”, in João Paulo II e o Direito, Estudos por ocasião do 25º aniversário do seu pontificado (2003)  ”Cidadãos, comunicação contemporânea e a partilha da informação em sistemas democráticos”, in Comunicação para os cidadãos no estado da sociedade em que vivemos (2003)  ”A Europa precisa de uma Constituição?”, in Diplomacia Pura (2005)  ”Depoimento”, in Portugal no Futuro da Europa (2006)  ”China e Índia: Perspectivas de desenvolvimento dos sistemas financeiros”, in Cadernos de Economia (2007)  ”Verbum”, in Um minuto de silêncio (2007)   ”Uma outra visão da cidadania”, in Cidadania, uma visão para Portugal (2007)  "A Universalidade do Povo” in O que é o Povo? (2010) 

Prefácios em catálogos de pintura
”Descobrir Fernando Lemos [onde entre o real e o surreal?], in FERNANDO LEMOS e o Surrrealismo (2005)  ”Sete Notas”, in JÚLIO RESENDE na Colecção de Arte Millennium bcp (2006) 
”Vontade e Representação”, in MANUEL AMADO, O espectáculo vai começar...(2007) 
"Ressonâncias: da voz e dos ecos”, Catálogo da Exposição de Graça Morais com obras da colecção da Fundação Paço d’Arcos & inéditos


IX. Artes Plásticas 

É representado pela Cordeiros Galeria (Porto) e participou em diversas exposições de pintura em Portugal e no estrangeiro, nomeadamente na FIART (Feira Internacional de Arte de Madrid)

Viriato Soromenho-Marques é professor catedrático de Filosofia na Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa e membro do Centro de Filosofia da U.L., leccionando nos cursos de Filosofia e de Estudos Europeus. É membro correspondente da Academia das Ciências de Lisboa, e da Academia da Marinha. Integra o Conselho Geral da Universidade da Madeira. Foi membro do Conselho de Imprensa (1985-1987); Presidente nacional da Quercus ANCN (1992-1995); integrou o Conselho Económico e Social (1992-1996). Entre 2001 e 2006 exerceu as funções de Vice-Presidente da Rede Europeia de Conselhos do Ambiente e do Desenvolvimento Sustentável (EEAC). Foi membro do Conselho Nacional do Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (CNADS) entre 1998 e 2019; foi coordenador científico do Programa Gulbenkian Ambiente (2007-2011); foi membro do High Level Group on Energy and Climate Change do Presidente da Comissão Europeia (2007-2010). Integra o Júri do Prémio Pessoa desde a edição de 2012. É conselheiro especial do conselho de curadores da Fundação Oceano Azul (desde 2017). Preside à Sociedade de Ética Ambiental (desde 2017). É Grande Oficial da Ordem de Mérito Civil (1997), e Grande Oficial da Ordem do Infante D. Henrique (2006). Recebeu o Prémio Quercus, na edição de 2011, e o Prémio Personalidade de 2014, pela Fundação Portuguesa do Pulmão. Foi galardoado em Março de 2019 com a distinção Leaders of the Decade in Sustainable Development pelo Women Economic Forum. Autor de mais de quatro centenas de obras (entre as quais vinte livros) sobre temas filosóficos, ambientais e estratégicos. Proferiu e/ou coordenou mais de mil conferências, seminários, e cursos em vinte e três países. Tem colaboração regular na imprensa escrita e audiovisual.
No plano académico, introduziu na Universidade de Lisboa a linha de investigação e ensino pós-graduado no domínio da Filosofia da Natureza e do Ambiente (1995), onde se integram o estudo da ética, da educação e das políticas ambientais. Em 2009 foi um dos promotores do Programa Doutoral em Alterações Climáticas e Desenvolvimento Sustentável, congregando a UL, a UNL e a UTL. Tem investigado ao longo das últimas três décadas os contributos do federalismo constitucional norte-americano e da construção europeia para os modelos de governação mundial na era da crise global do ambiente. Mais dados biográficos podem ser encontrados em: www.viriatosoromenho-marques.com.
Paulo Mendes Pinto é o Coordenador da área de Ciência das Religiões na Un. Lusófona, onde é o responsável pelo projecto REC-XXI – Religiões, Educação e Cidadania (desde 2018) e onde dirigiu o Mestrado (2007-2011) e a Licenciatura e Ciência das Religiões (2007-2017).
É Embaixador do Parlamento Mundial das Religiões (2015-18) e fundador da European Academy for Religions (2017). 
Dedica parte dos seus trabalhos a questões relacionadas com a relação entre o Estado e as religiões. Coordenou o seminário «República e Religiões», que se realizou no Museu da Presidência da República em 2005, e foi o coordenador científico do projecto «Religiões: História – Textos – Tradições», sediado na Re-Ligare (Unidade de Missão para o Diálogo com as Religiões), da Presidência do Conselho de Ministros, em 2006. Foi o responsável pelo Inquérito à Cultura Religiosa em Portugal, apoiado pela Fundação Calouste Gulbenkian (2013). Coordenou, em 2017, o projecto «Roteiro do Diálogo Inter-religioso», apoiado pela Secretaria de Estado para a Cidadania e a Igualdade.
Bárbara Reis é jornalista do Público desde 1989. Trabalhou na secção Internacional e na Sociedade, foi correspondente em Nova Iorque (1995-2000) e passou tantas horas nos corredores da ONU por causa das negociações entre Portugal e a Indonésia sobre Timor-Leste que acabou por aterrar em Díli com passaporte das Nações Unidas. Em Timor (2000-2002), integrou a missão UNTAET e foi porta-voz de Sérgio Vieira de Mello. Regressou ao Público em 2002. Editou a secção de Cultura (2002-2007), ajudou a lançar o suplemento diário P2 (2007-2008) e foi executiva da direcção. Foi directora do Público entre 2009 e 2016. Hoje é redactora principal.
Mecenas do Ciclo de Conferências
#
  • LocalAuditório de Serralves
  • Horário21h30 - 23h00
  • Dias13 JUN 2019
  • Preço€ 5,00

Ser Amigo faz a diferença.
Junte-se a nós! 

MoradaRua D. João de Castro, 210
4150-417 Porto Portugal
Latitude 41º 9'35.40"N
Longitude 8º39'35.35ºW
CONTACTE-NOS 226156500
SIGA-NOS
Serralves