Facebook Linkedin Twitter
#
CONTACTE-NOS
(+351) 226 156 500
VISITA EM LÍNGUA GESTUAL: "DANIEL STEEGMANN MANGRANÉ: UMA FOLHA TRANSLÚCIDA, NO LUGAR DA BOCA"
28 OUT 2017
Visita em língua gestual portuguesa à exposição "DANIEL STEEGMANN MANGRANÉ: UMA FOLHA TRANSLÚCIDA, NO LUGAR DA BOCA" por Laredo, Associação Cultural.

Numa parceria com a Laredo Associação Cultural, o Museu de Serralves propõe um programa destinado à comunidade surda, com uma visita guiada por mês, orientada em Língua Gestual Portuguesa, com o objetivo de tornar as exposições e os espaços da Fundação de Serralves mais acessíveis a este público.

DANIEL STEEGMANN MANGRANÉ nasceu em Barcelona em 1977 e vive no Rio de Janeiro desde 2004. Em 2015 foi indicado pela Artnet News como um dos "50 Most Exciting Artists in Europe Today”. É o oitavo artista da série "Projetos Contemporâneos”, uma plataforma dinâmica para a apresentação de obras de artistas, emergentes ou estabelecidos, que desenvolvem em diferentes disciplinas novas formas de arte relevantes para uma geração mais jovem. 
As obras de Daniel Steegmann Mangrané assumem uma variedade de formas nas quais se encontram o mundo construído e natural. Inspirado por histórias da abstração modernista, da arquitetura e das estruturas perpetuais e organizacionais da natureza, o trabalho de Mangrané inclui desenho, escultura, luz e filme, e é elaborado como parte de ambientes poeticamente planeados. 
Para a exposição que apresenta em Serralves, Mangrané concebeu uma paisagem viva para a sala central do Museu. Um pavilhão de vidro acolhe um jardim e criaturas miméticas, uma série de esculturas, um desenho na parede, um holograma e algumas janelas que alteram a experiência do espectador. Todos estes elementos são conjugados para criar um ecossistema vivo de transfigurações e metamorfoses, reais e simbólicas.

"Daniel Steegmann Mangrané: Uma folha translúcida no lugar da boca” é organizada pelo Museu de Serralves e tem curadoria da Diretora do Museu, Suzanne Cotter, com a curadora Paula Fernandes.

Esta exposição conta com a consultadoria científica da equipa de comunicação de ciência do CIBIO-InBIO (Centro de investigação em Biodiversidade e Recursos Genéticos, Laboratório Associado) que em Serralves, ao abrigo do protocolo entre as duas instituições e a Fundação para a Ciência e a Tecnologia,
desenvolve atividades de divulgação científica sobre biodiversidade e promove o cruzamento entre arte e ciência. 
  • LocalMuseu de Serralves
  • Horário15h30 - 16h30
  • Dias28 OUT 2017

Ser Amigo faz a diferença.
Junte-se a nós! 

MoradaRua D. João de Castro, 210
4150-417 Porto Portugal
Latitude 41º 9'35.40"N
Longitude 8º39'35.35ºW
CONTACTE-NOS 226156500
SIGA-NOS
Serralves