SERRALVES NEWS

< Voltar para www.serralves.pt



Acompanhe Serralves: Facebook | Instagram | YouTube | Twitter | e-News

/fotos/produtos/ha_luz_no_parque_news_3755917025d31df6aa9678.jpg
Na sua V edição, a instalação "Há Luz no Parque” representa um momento especial de programação do Parque de Serralves. Nos meses de verão, o Parque é aberto ao público em horário noturno, convidando os visitantes a participar de experiências e vivências ambientais e culturais diferenciadoras.
/fotos/produtos/terminal_news_21437187485d31efba1935f_1563553841.jpg
Assinalando o 30.º aniversário da Fundação de Serralves, a exposição Viagem ao Princípio: Ida e Volta apresenta obras que têm um significado e um lugar destacados na génese e na história da coleção e do Museu – porque fizeram parte do grupo do núcleo seminal de obras reunidas com vista à sua constituição, porque foram produzidas especificamente para Serralves, porque tiveram a sua primeira apresentação pública no Museu, ou, finalmente, porque aí integraram grandes exposições que constituíram momentos fundamentais quer no percurso dos artistas quanto da história da instituição.
/fotos/produtos/cmp_news_17775559035d31f02a95f8e_1563553841.jpg
Assinalando o 30.º aniversário da Fundação de Serralves, a exposição Viagem ao Princípio: Ida e Volta apresenta obras que têm um significado e um lugar destacados na génese e na história da coleção e do Museu – porque fizeram parte do grupo do núcleo seminal de obras reunidas com vista à sua constituição, porque foram produzidas especificamente para Serralves, porque tiveram a sua primeira apresentação pública no Museu, ou, finalmente, porque aí integraram grandes exposições que constituíram momentos fundamentais quer no percurso dos artistas quanto da história da instituição.
/fotos/produtos/espinho_news_9178973585d31ef40c74eb_1563553841.jpg
Silvestre Pestana (1949, Funchal, Madeira) é uma das figuras mais radicais da arte contemporânea portuguesa. Poeta, artista plástico e performer, criou desde os finais dos anos 1960 uma obra singular através de uma grande diversidade de disciplinas. 
/fotos/produtos/viagem_news_7359950225d31daa225f16.jpg
A exposição Viagem ao Princípio: Ida e Volta. Coleção de Serralves 1989–2019 assinala o 30.º aniversário da Coleção da Fundação de Serralves através da apresentação de obras da sua coleção  que, de alguma forma, têm um significado e um lugar destacado na génese e na história da Coleção e do Museu. 
/fotos/produtos/game_news_14333754085d31d865db569.jpg
Por ocasião do 20º aniversário do Museu, foi inaugurada a exposição Game, Set, Match. Com três capítulos, Game, Set, Match apresenta as mais destacadas publicações de artistas visuais em todas as áreas, analisando os três campos principais de investigação dentro do universo dos livros de artista.
/fotos/produtos/ponte_de_lima_news_15087414835d31e5dc266c0.jpg
O título desta exposição corresponde à expressão com que asseguramos a alguém que a nossa hospitalidade é sincera; também institui a casa enquanto centro de uma relação entre duas ou mais pessoas - dialética que pode sintetizar a dinâmica entre artista e espectadores: as casas imaginadas por artistas serão temporariamente a nossa casa. 
/fotos/produtos/ccmo_news_1944630305d31d7142fdbf.jpg
A Casa do Cinema Manoel de Oliveira, projeto do Arquiteto Álvaro Siza Vieira, inaugurou no dia 24 de junho e representa um novo polo de referência no domínio do Cinema, integrado nos espaços da Fundação de Serralves.

Além de um centro de documentação e de sessões de cinema que permitirão um acesso regular à obra de Manoel de Oliveira, a Casa do Cinema apresentará uma programação de exposições temporárias, ciclos de cinema temáticos e monográficos, retrospetivas e conferências, através dos quais promove diferentes possibilidades de aproximação ao cinema contemporâneo.
/fotos/produtos/joan_jonas_news_4736651405d31d8eb6a8ee.jpg
Joan Jonas (Nova Iorque, 1936) é uma pioneira da vídeo arte e performance e uma aclamada artista multimédia cuja obra engloba vídeo, performance, instalação, som, texto e desenho. 
Esta é a mais completa exposição da obra de Jonas alguma vez organizada. Trabalhos do final dos anos 1960 são mostrados ao lado das instalações mais recentes de uma artista histórica que continua a pensar alguns dos temas mais urgentes e importantes da atualidade. 
/fotos/produtos/aprendiz_news_9620642085d31dd0fb9f5f.jpg
Dando continuidade ao Projeto Anual com Escolas, no ano letivo 2018/2019 dedicamo-nos à temática dos "modos de ver”. O Serviço Educativo da Fundação de Serralves, mais uma vez, promove a reflexão prática e teórica sobre um tema central na contemporaneidade: O que vemos quando olhamos? De que forma as diferentes maneiras de ver o mundo afetam a nossa opinião sobre ele e sobre as pessoas com as quais convivemos? 
/fotos/produtos/matosinhos_news_9491280165d31e5078dfb9.jpg
"Mesa dos sonhos: Duas coleções de arte contemporânea” reúne cerca de 30 obras da Coleção de Serralves e da Coleção da Fundação Luso-Americana para o Desenvolvimento (FLAD), em depósito na Fundação de Serralves. A exposição resgata para o seu título um poema de Alexandre O’Neill, reconhecido poeta e artista visual, e parte da mesa enquanto metáfora e realidade vivida — um lugar de encontro, de confronto, de comunhão, de deriva, e um espaço social, seja na intimidade da casa ou num espaço aberto e partilhado como o espaço público.
/fotos/produtos/aep_news_2561706935d3f097e39a29.jpg
Assinalando o 170º aniversário da AEP esta associação atribuiu o estatuto de associado honorário à Fundação de Serralves. Esta distinção foi entregue pelo Presidente da AEP, Paulo Nunes de Almeida, numa cerimónia presidida por Sua Excelência o Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa.
/fotos/produtos/ascendi_news_8795646465d31f60b26622_1563555363.jpg
A ASCENDI, Fundador Patrono de #Serralves, é Mecenas exclusivo do Treetop Walkway de Serralves. Esta parceria tem como objetivo a promoção de uma cultura de valorização da biodiversidade e de práticas sociais mais sustentáveis, através do apoio à construção e dinamização de um percurso, construído a um nível elevado face ao solo, que permitirá uma experiência impactante de contacto, observação e estudo da fauna e flora do Parque de Serralves.
/fotos/produtos/faro_news_1329481605d31e47384a26.jpg
Portobello resultou de várias viagens de Patrícia Almeida (Lisboa, 1970–2017) ao Algarve em 2006 e 2007, entre maio e setembro, com o objetivo de registar as vivências dos turistas que durante o período estival afluem em massa àquela região. 
/fotos/produtos/bolsa_news_4455540605d31e3e9a3086.jpg
Angela Bulloch pertence a uma geração de artistas britânicos que emergiu no final da década de 1980. O trabalho de Bulloch examina os sistemas que estruturam o comportamento social, jogando com as nossas formas de construir e integrar informação. 
/fotos/produtos/1903_protocolo_h2_12106425835c8fd382c374a.jpg
A Fundação de Serralves está a desenvolver três projetos da área da inovação social, com o objetivo de combater o abandono escolar – direcionado a professores e alunos do pré-escolar ao 3º ciclo do ensino básico - e promover uma inclusão mais efetiva de segmentos da população alvo de discriminação na sociedade – direcionado a pessoas com deficiência e/ou incapacidade e população reclusa de estabelecimentos prisionais da região norte.

Os projetos Con(s)CienciArte, Olhares Inclusivos e Janelas para o Mundo são cofinanciados pela União Europeia, através do Fundo Social Europeu e geridos pela Estrutura de Missão Portugal Inovação Social.

/fotos/produtos/spv_8786554565c893b1627c90.jpg
A Sociedade Ponto Verde (SPV) tem, a partir de hoje (13 mar), o estatuto de Fundador de #Serralves. Na assinatura do protocolo estiveram presentes o presidente do Conselho de Administração da SPV, António Nogueira Leite, a CEO da SPV, Ana Isabel Trigo Morais, e a presidente da Fundação de Serralves, Ana Pinho.
/fotos/produtos/jv_14166691865c6bee8e83fd3.jpg
Inauguração de "I'm Your Mirror" de Joana Vasconcelos com a presença do Presidente da República e Ministra da Cultura. 
Esta exposição reúne mais de 30 peças, datadas de 1997 até à atualidade, cobrindo duas décadas de prática artística e analisando o seu desenvolvimento como artista. Inclui muitas das suas obras mais conhecidas, como a Cama Valium (1998), A noiva (2001–05), Burka (2002), Coração independente vermelho (2005),  Marilyn (2011) e Lilicoptère (2012), assim como novos trabalhos criados para esta mostra, como Finisterra, I’ll Be Your Mirror ou Solitário (todos de 2018). A exposição estende-se até aos jardins do Parque de Serralves através de monumentais esculturas de exterior.

/fotos/produtos/horacio_10483953065c6bee4642a12.jpg
Inauguração da exposição de Horácio Frutuoso, "Clube de Poesia". 
"Clube de Poesia” é a primeira exposição individual de Horácio Frutuoso (Póvoa de Varzim, 1991) numa instituição museológica. Este título pode relacionar-se diretamente com duas das especificidades que singularizam a sua prática artística: a atenção à linguagem — a presença de frases escritas sobre paredes e chão de galerias, uma espacialização daquilo que historicamente se designou como poesia visual, ocupa um lugar destacado no seu percurso expositivo — e uma constante criação de sinapses, de associações. A relação mais evidente nesta mostra é desde logo entre meios: a pintura e a escrita sobre paredes — e a escrita nas próprias pinturas — confundem-se e desestabilizam todas as hierarquias entre visualidade e leitura, com as frases a ocuparem de certa forma o lugar das tabelas que tradicionalmente acompanham pinturas, e que frequentemente fornecem elementos — títulos, nomeadamente — que permitem aos espectadores partirem para determinadas interpretações. 
/fotos/produtos/tacita_15991759835c6bed8c4ebbe.jpg
Inauguração da exposição de Tacita Dean em Serralves.
 A reconhecida artista britânica-europeia Tacita Dean está ligada à história de Serralves e à sua programação desde a sua exposição individual em 2002. Inspirada pelo Museu, em 2003 filmou Boots na Casa de Serralves, filme posteriormente adquirido para a Coleção de Serralves.