Vê de Verão

Oficinas de férias em Serralves

Parque
08 JUL e 30 AGO 2024

De 8 a 12 de julho as oficinas de verão não se vão realizar.


Horário: 9h30-12h30; 14h00-17h00
Acolhimento (gratuito) – 8h30-9h30; 17h00-18h00

Lotação máxima: 15 crianças/oficina

Almoço não incluído, sendo possível a utilização das instalações da Fundação de Serralves para acolher as crianças que optem por almoçar a sua refeição, com o respetivo acompanhamento da equipa educativa de Serralves.


A entrada para todas as oficinas é feita pela Rua Bartolomeu Velho, 141.

TARIFÁRIO OFICINAS TEMÁTICAS

Inscrição 1 semana (1 oficina, 4 dias) – 90€/criança

Inscrição 1 semana (2 oficinas, 4 dias, sem almoço incluído) – 160 €/criança

Inscrição 1 semana (1 oficina, 5 dias) – 110€/criança

Inscrição 1 semana (2 oficinas, 5 dias, sem almoço incluído) – 200 €/criança


CONDIÇÕES E DESCONTOS 

Pagamento no ato de inscrição.

O tarifário prevê 10% desconto portadores de cartão Amigo Família.

A aceitação de inscrições com este serviço será feita por ordem de chegada.

Comprar Bilhete

0807 FÉRIAS DA VERÃO EM SERRALVES
Jorge Sarmento

A primeira letra da mais divertida estação do ano é um convite para exercer o sentido da vista sobre, olhar para, presenciar, assistir a, avistar, enxergar, encontrar, achar, reconhecer, observar, notar, advertir, reparar, tomar cuidado em, imaginar, fantasiar, calcular, supor, ponderar, inferir, deduzir, prever, visitar, escolher, percorrer, provar, conhecer. 


Um convite no imperativo porque não conseguimos imaginar, ou ver, ou olhar para, ou fantasiar as oito semanas das férias de verão, em Serralves, se não andarmos de olhos bem abertos a encontrar as dezenas de olhares que vivem Museu de Arte Contemporânea, na Casa de Serralves, no Parque e na Casa do Cinema Manoel de Oliveira.


Este programa ocorre na pausa letiva de verão e oferece às crianças com idades compreendidas entre os 4 e os 12 anos, a oportunidade para experienciar Serralves, através da participação em oficinas nos domínios das artes e do ambiente, que se desenvolvem de forma sequencial ao longo de uma semana (manhãs e/ou tardes) com a duração de 3 horas.


Vamos ver com os olhos, os nossos, os dos outros, os dos espaços, os dos bichos e através de olhos que são olhos e olhos que não são.


FICHA DE INSCRIÇÃO

Regulamento Interno

TERMO DE RESPONSABILIDADE

INSCRIÇÕES

Online, em www.serralves.pt

Na Receção do Museu: de 2ª a domingo, no horário de funcionamento;

Por referência de multibanco.

 

A inscrição está sujeita a confirmação mediante vagas existentes.

No caso de não haver vagas, a devolução do valor pago será realizada no prazo máximo de três semanas após o envio, pelo participante, do IBAN.


DESISTÊNCIAS

A desistência de uma atividade deve ser realizada com uma antecedência mínima de 48 horas.

Não são efetuadas devoluções após este período.

As devoluções relativas a desistências serão realizadas no prazo máximo de três semanas após o envio, pelo participante, do IBAN.


INDICAÇÕES

O Serviço Educativo assegura o acolhimento das crianças inscritas nas Oficinas temáticas a partir das 8h30 da manhã e ao final da tarde, das 17h00 às 18h00. A partir das 9h20 e das 13h50 as crianças devem ser entregues diretamente nas salas de atividades. Os responsáveis pelas crianças, que têm oficina apenas de manhã, devem vir buscá-las até às 13h00. Os responsáveis pelas crianças, que têm oficina à tarde, devem vir buscá-las até às 18h00.

A receção/entrega das crianças é feita na Quinta de Serralves, com acesso pela Rua Bartolomeu Velho, 141.

As atividades são concebidas em função das faixas etárias, pelo que é fundamental que os limites de idade sejam respeitados.

Os participantes devem trazer roupa e calçado confortável e adequado. Outras informações mais específicas são indicadas na respetiva atividade.

Os responsáveis pelos participantes deverão preencher o termo de responsabilidade, no início de cada atividade, onde constam as seguintes informações:

Nome do participante;

Nome do responsável;

Contato de urgência (telefone fixo e telemóvel);

Indicação do responsável pelo acompanhamento das crianças no término de cada sessão.

No final da sessão os responsáveis pelas crianças deverão proceder à recolha das crianças ao local onde se efetuou a receção, devendo assinar documento que regista a sua saída mediante apresentação obrigatória do Bilhete de Identidade ou Cartão de Cidadão.

Pedimos o máximo rigor no cumprimento dos horários de início e de encerramento das atividades.

A realização das atividades implica a inscrição de um número mínimo de participantes.

Os programas incluem lanche a meio da manhã e/ou tarde.

As Oficinas compreendem sessões sequenciais com a duração de 3 horas cada.


LOTAÇÃO

Lotação máxima: 15 crianças

A aceitação de inscrições com este serviço será feita por ordem de chegada.


ACESSO

A entrada para todas as oficinas é feita pela Rua Bartolomeu Velho, 141.


FICHA TÉCNICA

Programação/Coordenação: Inês Pina e Mariana Roldão

Produção: Anabela Silva, Marta Tavares

Serviço Educativo

Tel: 226 156 519 - E-mail: a.silva@serralves.pt

Rua D. João de Castro, 210 – 4150-417 Porto

Mecenas do Serviço Educativo

0807 FÉRIAS DA VERÃO EM SERRALVES

Mecenas do Parque e Treetop Walk

0807 FÉRIAS DA VERÃO EM SERRALVES

Relacionado

OFICINAS TEMÁTICAS | 4-6 ANOS
OFICINAS TEMÁTICAS | 4-6 ANOS
OFICINAS TEMÁTICAS | 6-9 ANOS
OFICINAS TEMÁTICAS | 6-9 ANOS
OFICINAS TEMÁTICAS | 9-12 ANOS
OFICINAS TEMÁTICAS | 9-12 ANOS
OFICINAS TEMÁTICAS | 4-6 ANOS
OFICINAS TEMÁTICAS | 4-6 ANOS

Trocar impressões

Todas as superfícies têm uma pele. Se observarmos uma superfície ao perto podemos descobrir linhas, rugas, veios. As texturas caracterizam as superfícies através de elementos repetidos de acordo com um ritmo visual ou tátil, mais ou menos regular. Se prestarmos atenção aos detalhes, a partir da observação do mundo natural e das obras dentro do museu, podemos vestir a pele das coisas, adquirindo consciência sobre o que nos rodeia. Depois de observar e experimentar as infinitas texturas naturais e artificiais presentes na realidade circundante, as crianças podem capturá-las com várias técnicas, incluindo a frottage e a impressão.

Conceção: Filipa Valente

Dinamização: Filipa Valente e Simão Collares

08 a 12 de julho, 9h30-12h30



Viagens cá dentro e lá fora

Sabias que em Serralves existem árvores de todo o mundo? De Portugal e de Espanha, do Japão, da China, da Califórnia, do Brasil, e de tantas outras zonas do planeta. Esta viagem promete explorar as emoções "cá dentro" de cada um de nós, enquanto “lá fora” se descobrem as árvores e as plantas que habitam o Parque.

Dinamização: Marta Correia e Andreia Machado

08 a 12 de julho, 14h00-17h00



Partidas e chegadas!

O mundo é o ponto de partida e de chegada. Somos do mundo e trazemos sempre connosco um bocadinho dele. Com partida do Parque, os viajantes terão como destino a descoberta de vários espaços naturais do globo terrestre!

Dinamização: Carlota Carqueja e Mariana Veludo

15 a 19 de julho, 9h30-12h30;



Floresta verde

No livro Na Floresta da Preguiça, vive uma preguiça escondida que luta pela sobrevivência. Conhecer as árvores da floresta e o que as torna tão importantes é o caminho para as protegermos e salvarmos a preguiça. As ilustrações de Anouck Boisrobert e Louis Rigaud, que contam uma história sobre a desflorestação e a destruição do habitat de muitas espécies, serão o ponto de partida para a reconstrução da floresta verde.

Dinamização: Andreia Machado e Mariana Veludo

15 a 19 de julho, 14h00-17h00;



Criaturas no Museu

A partir da observação e experiência das exposições de Serralves vamos construir máscaras através da colagem de elementos naturais recolhidos no parque e recortes de imagens. A finalidade será criar uma pequena cena no museu, usando as exposições enquanto cenário da nossa peça onde estas máscaras ganharão vida. Esta cena poderá ser gravada e reproduzida mais tarde em formato filme por exemplo. Cada criança será desafiada a criar a personagem para a sua máscara e encontrar uma fisicalidade apropriada à sua expressão.

Conceção: Simão Collares

Dinamização: Simão Collares e Filipa Valente

22 a 26 de julho, 9h30-12h30



A estufa

A vida terrestre inicia e termina no solo. O solo é um dos habitat com maior diversidade biológica, sendo a relação entre os vários organismos que garante o seu equilíbrio. Conhecer a sua dinâmica e importância para a sobrevivência do planeta Terra é o caminho para o protegermos e mantermos vivo!

Dinamização: Andreia Machado e Marta Correia

22 a 26 de julho, 14h00-17h00



O bando

Está na hora de partir pois a viagem deve começar antes da chegada dos dias frios. O bando está em posição, rumo ao quente do outro lado da montanha. Na oficina, a exploração das características das aves apoiará o desenho de um percurso conjunto, onde não faltará abrigo e alimento.

Dinamização: Andreia Machado e Maria Mata

29 de julho a 2 de agosto, 9h30-12h30;



Colecionar Natureza!

O mundo à nossa volta é incrível, repleto de seres tão diferentes que nos prendem a atenção. A admiração que dedicamos e a vontade insaciável de querer saber mais faz-nos colecionar conhecimento. Numa descoberta pelo colecionismo, como um verdadeiro Darwin, vamos explorar e organizar coleções únicas da Natureza.

Dinamização: Maria Mata e Carlota Carqueja

29 de julho a 2 de agosto, 14h00-17h00



Uma cidade no Museu

Nesta oficina, as obras de arte transformam-se em casas imaginárias e o museu numa grande cidade. Explorando as suas infinitas possibilidades, vamos criar uma cidade futura com novos espaços e habitantes, onde cada obra é um novo edifício! Que construções poderão surgir? Quem serão os novos habitantes deste museu-cidade?

Conceção: Mariana Pimenta

Dinamização: Mariana Pimenta e Simão Collares

05 a 09 de agosto, 9h30-12h30



Viagens cá dentro e lá fora

Sabias que em Serralves existem árvores de todo o mundo? De Portugal e de Espanha, do Japão, da China, da Califórnia, do Brasil, e de tantas outras zonas do planeta. Esta viagem promete explorar as emoções "cá dentro" de cada um de nós, enquanto “lá fora” se descobrem as árvores e as plantas que habitam o Parque.

Dinamização: Marta Correia e Mariana Moranduzzo

05 a 09 de agosto, 14h00-17h00



Partidas e chegadas!

O mundo é o ponto de partida e de chegada. Somos do mundo e trazemos sempre connosco um bocadinho dele. Com partida do Parque, os viajantes terão como destino a descoberta de vários espaços naturais do globo terrestre!

Dinamização: Marta Correia e Mariana Moranduzzo

12 a 16 de agosto, 9h30-12h30



O bando

Está na hora de partir pois a viagem deve começar antes da chegada dos dias frios. O bando está em posição, rumo ao quente do outro lado da montanha. Na oficina, a exploração das características das aves apoiará o desenho de um percurso conjunto, onde não faltará abrigo e alimento.

Dinamização: Marta Correia e Maria Mata

12 a 61 de agosto, 14h00-17h00



V de verbo

Que ações usamos para interagir com o mundo? Podemos caminhar no espaço de uma escultura? E ouvir pontos? Uma oficina onde todos os dias iremos trabalhar um verbo diferente e usá-lo para mediar a exploração e interação com os espaços de Serralves.

Conceção: José Costa

Dinamização: José Costa e Mariana Pimenta

19 a 23 de agosto, 9h30-12h30



Floresta verde

No livro Na Floresta da Preguiça, vive uma preguiça escondida que luta pela sobrevivência. Conhecer as árvores da floresta e o que as torna tão importantes é o caminho para as protegermos e salvarmos a preguiça. As ilustrações de Anouck Boisrobert e Louis Rigaud, que contam uma história sobre a desflorestação e a destruição do habitat de muitas espécies, serão o ponto de partida para a reconstrução da floresta verde.

Dinamização: Marta Correia e Mariana Veludo

19 a 23 de agosto, 14h00-17h00



Colecionar Natureza!

O mundo à nossa volta é incrível, repleto de seres tão diferentes que nos prendem a atenção. A admiração que dedicamos e a vontade insaciável de querer saber mais faz-nos colecionar conhecimento. Numa descoberta pelo colecionismo, como um verdadeiro Darwin, vamos explorar e organizar coleções únicas da Natureza.

Dinamização: Marta Correia e Dina Marques

26 a 30 de agosto, 9h30-12h30



O charco

Os charcos são habitat de uma enorme riqueza de anfíbios, insetos, macroinvertebrados e plantas aquáticas. Este espaço inspirador será palco para conhecer estes seres vivos a partir de momentos de observação e experimentação.

Dinamização: Marta Correia e Dina Marques

26 a 30 de agosto, 14h00-17h00




serralves.pt desenvolvido por Bondhabits. Agência de marketing digital e desenvolvimento de websites e desenvolvimento de apps mobile