As múltiplas facetas das ervas marinhas na mitigação de impactes globais

Conversas com Ciência

Lagar - Quinta de Serralves
15 NOV 2020

Horário: 10:30 às 12:00

Lotação: 20

Acesso: gratuito, sujeita a inscrição obrigatória a.silva@serralves.pt, até às 17h da sexta-feira anterior

Entrada pela Rua Bartolomeu Velho, 141

Pad2 800x450 cover

Cada vez mais assistimos à globalização dos impactes de origem humana nos ecossistemas marinhos, entre os quais se incluem as alterações climáticas. É já difícil reverter muitos desses constrangimentos, pelo que minimizá-los é em muitos casos a única alternativa possível para travar a escalada de efeitos negativos e proteger alguns dos bens naturais mais essenciais, como a biodiversidade e capacidade de regulação dos ecossistemas (ex. regulação do clima, proteção à erosão costeira, outros). No entanto, a Natureza na sua infinita sabedoria dá-nos alguns “super” organismos capazes de equilibrar vários destes impactes negativos. O paradoxo é a fragilidade destes mesmos organismos à ação direta do Homem, sendo que temos vindo a assistir a um declínio destes “salvadores” ao longo dos anos. Nesta conversa vamos falar sobre as ervas marinhas, como exemplo dos “super-heróis” do meio marinho, do seu papel enquanto soluções da Natureza para a proteção e mitigação de impactes globais, bem como das principais ameaças à sua sobrevivência e sobre algumas das iniciativas locais para a sua proteção (ex. projetos REMEDIGRASS e REMOLIÇO).


Investigadora: Marina Dolbeth


S 800xnull Contain
Marina Dolbeth
Image
Image mobile

Marina Dolbeth trabalha em ecologia marinha há mais de 10 anos. Doutorou-se em 2008 pela Universidade de Coimbra, e desde então tem trabalhado em diferentes institutos, sendo atualmente investigadora no CIIMAR (https://www2.ciimar.up.pt/team.php?id=275). O seu trabalho foca-se no estudo do funcionamento de ecossistemas marinhos e estuarinos, abordando comunidades bentónicas (algas, plantas, invertebrados e peixes), sob efeito de impactes antropogénicos e alterações climáticas e através de abordagens interdisciplinares. Tem também trabalhado com diferentes abordagens de apoio à tomada de decisão relativamente à gestão de ecossistemas aquáticos, e mais recentemente na promoção da literacia dos oceanos.

Parceiro Científico do Serviço Educativo

800.null contain