Somebody was trying to kill somebody else | Blow Out

Ciclo Cinema e Fotografia: Visões Espectrais

Casa do Cinema
29 JUN 2021

Horário: 18:30

Acesso: 3€; Estudante/Jovem, Maiores de 65 e Amigos de Serralves: 1,5€

O acesso ao Auditório da Casa do Cinema é feito pela Rua de Serralves nº 873, 30 minutos antes do início da sessão.

Pad2 800x450 cover

Somebody was trying to kill somebody else

Benjamin Verhoeven

GR | 7 min. | 2014

Blow Out

Brian de Palma

USA | 113 min. | 1981


A fechar o ciclo Cinema e Fotografia: Visões Espectrais apresenta-se uma sessão assombrada pelo filme canónico sobre a relação entre a imagem em movimento e a imagem fixa: Blow-Up (História de um Fotógrafo, 1966), de Michelangelo Antonioni.

Brian de Palma, o mais hitchcockiano dos realizadores da Nova Hollywood, realizou Blow Out sob a égide do filme de Antonioni e a partir de dois episódios pessoais: um desaguisado com o seu misturador de som aquando da pós-produção do seu anterior filme; e a sua obsessão com a investigação ao redor do homicídio de John F. Kennedy. De Palma trabalha, portanto, o género do thriller obsessivo, onde não se trata apenas de mergulhar numa imagem (como Antonioni fazia), mas de mergulhar numa série de imagens sucessivas na sua articulação com o som, ou seja, mergulhar na experiência do cinema.

A abrir a sessão apresenta-se Somebody was trying to kill somebody else, de Benjamin Verhoeven, onde o realizador se apropria de imagens da cena da “revelação” fotográfica de Blow-Up e visualiza (no sentido em que o torna visual) o bailado entre fotógrafo e imagem numa perseguição que busca, abstratamente, a própria cauda da representação.