SESSÃO ESPECIAL: MATÍAS PIÑEIRO

CINEMA

Auditório
12 JUN 2021

Horário: 18:00

Acesso3€; Estudante/Jovem, Maiores de 65 e Amigos de Serralves: 1,5€

Pad2 800x450 cover

Programa


UNA MUJER SILENCIOSA Argentina, 2002, HD Vídeo, cor, som, 21 min.

UN HOMBRE ROBADO Argentina, 2007, HD Vídeo, p&b, som, 91 min. 


Organizada em parceria com a Escola das Artes da Universidade Católica do Porto, no âmbito de uma residência artística do realizador Matías Piñeiro, esta é uma sessão com as duas obras inaugurais da filmografia do jovem cineasta argentino, composta por uma das suas primeiras curtas-metragens, Una Mujer Silenciosa (realizada como trabalho de final de curso na Universidad del Cine), e a sua primeira longa-metragem, El hombre robado.

 

A obra de Piñeiro é rica em apontamentos humorísticos, atenta aos gestos do quotidiano ou a conversas entre amigos, elaborando sedutores jogos de espelhos entre ficção e documentário, entre verdadeiro e falso, prolongando personagens e situações de uns filmes para os seguintes. Eruditos e ecléticos, os filmes do realizador apresentam-se recheados de referências literárias, desenvolvem-se por meios artísticos (museus e teatros) e dialogam com o cinema da Nouvelle Vague, reinventando-o no presente com recurso ao formato anacrónico da película de 16mm.

 

Em El hombre robado integramos uma visita guiada ao Museu de História de Buenos Aires, enquanto nos imiscuímos num esquema de arte falsificada ao ritmo de “Facundo”, a obra-prima do escritor e reformador Domingo Faustino Sarmiento. O filme marca o início de uma colaboração com as atrizes Julia Martínez Rubio, María Villar e Romina Paula, que reaparecerão nos seus filmes seguintes e que se tornaram, entretanto, nas caras da nova geração do cinema argentino.

S 800xnull Contain
Matías Piñeiro
Image
Image mobile

Nascido em Buenos Aires, em 1982, estudou na Universidad del Cine onde viria a ser professor de Realização e de História do Cinema por seis anos. Mudou-se para os EUA em 2011, para estudar na Universidade de Harvard, residindo atualmente em Nova Iorque e trabalhando como professor de cinema no Pratt Institute. As suas duas primeiras longas-metragem giram em torno da obra literária e do pensamento de Domingo Faustino Sarmiento, enquanto que os seus últimos filmes, autointitulados de “Shakespeareadas”, refletem e atualizam peças de William Shakespeare, focando-se nas personagens femininas criadas pelo dramaturgo.

Image contain

A DECORRER

TERMINADAS

Não há atividades para apresentar

Não há atividades para apresentar