Visita guiada por Joana Providência

PARA UMA TIMELINE A HAVER

30 JUN 2021

Horário: 19:00

Local: Foyer do Auditório do Museu

Lotação: 12 pessoas

Inscrição obrigatória para ser.educativo@serralves.pt, até às 16:00 do dia anterior.

Pad2 800x450 cover

Visita guiada à exposição pela coreógrafa Joana Providência


Acesso:

Bilhete Visita Orientada

Adulto residente em Portugal: 10€

Adulto não residente em Portugal: 12€

Entrada gratuita para crianças até aos 12 anos;

Desconto de 50% para Amigos de Serralves, jovens até aos 18 anos e maiores de 65 anos


A Fundação de Serralves inaugurou a 22 de abril, na 6ª edição do Festival DDD – Dias da Dança, a exposição Para uma timeline a haver, uma proposta de autoria da investigadora Ana Bigotte Vieira e dos artistas João dos Santos Martins e Carlos Manuel Oliveira que investiga o desenvolvimento e a disseminação da dança como prática artística em Portugal, nos séculos XX e XXI.

Levada a cabo intermitentemente desde 2016 e para sempre em aberto, a exposição relaciona eventos de matriz social, política, cultural, biográfica e artística, possibilitando uma leitura comparada e contribuindo para criar alguma familiaridade com obras, autores, cânones, corporalidades, épocas e mundividências, ao mesmo tempo que os interroga estética e politicamente.

Neste âmbito, foi programado um conjunto de visitas guiadas e conversas, realizadas por coreógrafos, bailarinos, ensaístas e historiadores, convidados a realizarem visitas interpretativas a partir do seu encontro e conhecimento deste diagrama temporal, disposto cronologicamente ano a ano, desde 1900 até 2020, criando uma cartografia narrativa para a dança em Portugal.

Um espaço crítico e de partilha, gerador de múltiplas abordagens e possibilidades de leitura na visitação do percurso expositivo, assente nas referências históricas, políticas e sociais e perspetiva individuais de cada convidado leitor.

Diferentes pontos de vista acerca de uma Timeline a Haver.

A DECORRER

TERMINADAS