David Douard: 0'TĮ' lullabies

Galeria Contemporânea do Museu
12 MAI 2022 - 06 NOV 2022
Pad2 800x450 cover

David Douard O’Ti’Lulabies

Galeria Contemporânea do Museu

David Douard (n. 1983, Perpignan, França) é sem dúvida uma das mais intrigantes revelações artísticas dos últimos anos. Conhecido pelas suas assemblages escultóricas e instalações em diversos meios, Douard explora um vasto leque de referências no seu trabalho – da poesia à história da ciência, da tecnologia ao animismo e cultura low-tech à cultura mainstream — para criar narrativas alegóricas cujas manifestações ocorrem entre mundos que normalmente consideramos mutuamente herméticos.

O'Ti'Lulabies, a primeira exposição individual do artista em Portugal, reúne e apresenta o vocabulário completo de David Douard. Aludindo a um tipo de melodia para crianças insones, simultaneamente esconde e revela, uma narrativa contagiosa, cujas características orgânicas e anárquicas foram meticulosamente compostas pelo artista. A sua linguagem contamina e corrompe superfícies semelhantes a uma peculiar espécie de tela: grades de metal, persianas verticais, janelas e divisórias constituem um convite à expressão. Com estes componentes, Douard joga com a sobreposição e transparência num leque de gradaações e camadas, dando uma materialidade fluida a conteúdos virtuais para revelar e expor uma essência que de outro modo permaneceria oculta.

Nesta fantasmagoria construída, em que os espectadores se veem submersos, Douard centra-se no potencial expressivo e metafórico das formas que hibridiza e coloca em movimento, construindo uma constelação reveladora e representativa de signos em que o protesto, a poesia e a discórdia formam o pano de fundo do seu trabalho.

David Douard: O’Ti’Lulabies foi produzida pela Fundação de Serralves – Museu de Arte Contemporânea, Porto, em colaboração com o artista, a Galerie Chantal Crousel, Paris e Rodeo Londres/ Pireus.

A exposição tem curadoria de Philippe Vergne e Filipa Loureiro.

A exposição integra o programa Projetos Contemporâneos, um eixo de programação do Museu de Serralves que combina uma variedade de meios e diversidade de formas de apresentação, desde exposições de uma única obra no Museu a projetos com vários momentos apresentados em diferentes períodos de tempo. É concebido como uma plataforma dinâmica e reativa para a apresentação da obra de alguns dos mais relevantes artistas contemporâneos ativos hoje em Portugal e no resto do mundo.


ROTEIRO DA EXPOSIÇÃO

800.null contain
800.null contain

A DECORRER

TERMINADAS

Image desktop


ROTEIRO DA EXPOSIÇÃO