ANIKI-BÓBÓ - 80 ANOS

Ciclo de Conversas e Filmes

Auditório da Casa do Cinema Manoel de Oliveira
02 NOV 2022 - 18 DEZ 2022

Todos os filmes serão apresentados na sua língua original e legendados em português.

Por motivos de força maior o programa poderá ser alterado.


Acesso

Bilhete (1 sessão): 3€

Estudante/Jovem, Maiores de 65 e Amigos de Serralves: 1,5€

O acesso ao Auditório da Casa do Cinema é feito pela Rua de Serralves nº 873, 30 minutos antes do início da sessão.

Comprar Bilhete

Ciclo de conversas de filmes

A 18 de dezembro de 1942, estreava no Cinema Éden, em Lisboa, Aniki-Bóbó, a primeira longa-metragem de Manoel de Oliveira. O filme não teve a receção que se esperava, nem por parte de alguma crítica (que o considerou subversivo), nem por parte do público (que afluiu escassamente às salas para o ver), o que fez com que o realizador tivesse ficado catorze anos sem filmar. De facto, só em 1956 conseguiria realizar o documentário O Pintor e a Cidade e seriam necessárias três décadas para voltar às longas de ficção, com O Passado e o Presente, estreado em 1972. Entretanto, Aniki-Bóbó adquiriu o estatuto de “clássico” tendo-se tornou-se no mais acarinhado e popularizado dos filmes de Oliveira. Isso terá resultado, em grande medida, da trama infantil que adapta o conto de Rodrigues de Freitas, "Os Meninos Milionários", e da escolha dos atores-crianças que o protagonizam.


Em 2022 celebram-se, portanto, os 80 anos dessa estreia. Para assinalar a data, a Casa do Cinema Manoel de Oliveira apresentará uma exposição documental no foyer do seu auditório, a partir do acervo do realizador, onde se darão a ver documentos de trabalho e de divulgação relacionados com o filme. Paralelamente, propõe-se ainda um ciclo de conversas em torno do legado histórico e estético de Aniki-Bóbó (com a participação de historiadores, escritores e cinéfilos de diferentes áreas) e um ciclo de cinema que pretende estabelecer relações entre esse filme seminal da obra de Manoel de Oliveira e a sua obra posterior, bem como averiguar referências e ecos temáticos com outros autores, colocando-o igualmente em diálogo com o cinema mundial. No dia do aniversário, a 18 de dezembro, será apresentada uma sessão especial do filme.


PROGRAMA


CICLO DE CONVERSAS
02 – 12 DEZ | 19H00


02 NOV | QUA | 19H00
IRENE FLUNSER PIMENTEL

Historiadora e escritora


23 NOV | QUA | 19H00
MARIA JOÃO MADEIRA

Programadora da Cinemateca Portuguesa


28 NOV | QUA | 19H00
VALTER HUGO MÃE

Escritor, editor e artista plástico

12 DEZ | SEG | 19H00
JOSÉ TOLENTINO DE MENDONÇA

Cardeal, escritor e teólogo




CICLO DE CINEMA

05 NOV – 18 DEZ | SEX–DOM


05 NOV | SÁB | 17H00
ZÉRO DE CONDUITE

Jean Vigo

FR | 1933 | 41 min.

LITTLE FUGITIVE

Ray Ashley, Morries Engel, Roth Orkin

USA | 1953 | 80 min.


19 NOV | SÁB | 17H00
A CAIXA

Manoel de Oliveira

PT | 1994 | 100 min.


20 NOV | DOM | 17H00
O GEBO E A SOMBRA

Manoel de Oliveira

PT, FR | 2012 | 95 min.


26 NOV | SÁB | 17H00
THE NIGHT OF THE HUNTER

Charles Laughton

USA | 1955 | 93 min.


03 DEZ | SÁB | 17H00

EN RACHÂCHANT

Danièle Huillet, Jean-Marie Straub

FR | 1982 | 7 min.

LES QUATRE CENTS COUPS

François Truffaut

FR | 1959 | 99 min.


16 DEZ | SEX | 19H00
SCIUSCIÀ

Vittorio De Sica

IT | 1946 | 87 min.


17 DEZ | SÁB | 17H00

VERTIGO

Alfred Hitchcock

USA | 1958 | 128 min.


18 DEZ | DOM | 17H00

ANIKI-BÓBÓ

Manoel de Oliveira

PT | 1942 | 71 min.

A DECORRER

TERMINADAS

Digital Product by BondHabits