JORGE PINHEIRO — OBRAS DA COLEÇÃO DE SERRALVES

Espaço Corpus Christi, Vila Nova de Gaia
Fora de Portas
14 SET 2022 - 15 JAN 2023
<p>Jorge Pinheiro, Partitura para um canto livre (detalhe), 1976. Col. Fundação de Serralves – Museu de Arte Contemporânea, Porto. Doação do artista em 1997. Fotografia: Ricardo Raminhos</p>

Jorge Pinheiro, Partitura para um canto livre (detalhe), 1976. Col. Fundação de Serralves – Museu de Arte Contemporânea, Porto. Doação do artista em 1997. Fotografia: Ricardo Raminhos

Jorge Pinheiro (Coimbra, 1931) é reconhecido como um dos nomes mais influentes do contexto artístico português da segunda metade do século XX, integrando o célebre grupo “Os Quatro Vintes” em 1968, juntamente com Ângelo de Sousa (Maputo, 1938 – 2011, Porto), Armando Alves (Estremoz, 1935) e José Rodrigues (Luanda, 1936 – 2016, Porto). Ao longo de uma carreira de mais de cinco décadas, Jorge Pinheiro tem vindo a desenvolver uma obra de uma profunda coerência teórica e intelectual traduzida num corpo de trabalho visualmente diverso, no qual coexistem a pintura figurativa e a abstração concreta.

A sua obra baseia-se em princípios de matemática e semiótica, sendo particularmente inspirada na célebre sequência de Fibonacci, segundo a qual cada número sucessivo resulta da soma dos dois números anteriores. À presença de modulações geométricas e padrões de alto contraste cromático junta-se uma muito aturada exploração das noções de ritmo e de serialidade, cuja formalização evidencia o interesse do artista pela área da música.

A exposição Jorge Pinheiro: Obras da Coleção de Serralves apresenta um conjunto de obras abstratas que evidenciam as investigações do artista em torno de arranjos musicais, combinações cromáticas e formulações geométricas. A mostra inclui ainda a escultura Babel (2010/2017) que constitui a maior peça tridimensional do artista, produzida para a exposição monográfica Jorge Pinheiro: D’après Fibonacci e as coisas lá fora, realizada no Museu de Serralves em 2017.

A presente exposição, com curadoria de Joana Valsassina, integra o Programa de Exposições Itinerantes da Coleção de Serralves que tem por objetivo tornar o acervo da Fundação acessível a públicos diversificados de todas as regiões do país.


Produção: Fundação de Serralves — Museu de Arte Contemporânea, Porto

VER MENOS

VER MAIS

jorge pinheiro OBRAS DA COLEÇÃO DE SERRALVES | Vila Nova de Gaia
jorge pinheiro OBRAS DA COLEÇÃO DE SERRALVES | Vila Nova de Gaia

A DECORRER

TERMINADAS

Digital Product by BondHabits