UM FILME FALADO

OU O CINEMA E AS OUTRAS ARTES
Auditório da Casa do Cinema Manoel de Oliveira
08 OUT 2022 - 13 MAI 2023

Todos os filmes serão apresentados na sua língua original e legendados em português.

Por motivos de força maior o programa poderá ser alterado.


Acesso

Bilhete (1 sessão): 3€

Estudante/Jovem, Maiores de 65 e Amigos de Serralves: 1,5€

O acesso ao Auditório da Casa do Cinema é feito pela Rua de Serralves nº 873, 30 minutos antes do início da sessão.

OU O CINEMA E AS OUTRAS ARTES - Tipo Serviço Educativo (Filtro Agenda)
Visita ou Memórias e Confissões (1982-2015), Manoel de Oliveira

“A casa tem um certo mistério. O meu espírito habitou nela cerca de 40 anos. Viu criar e crescer duas gerações. Amareleceu e enrugou como as folhas das árvores no Outono.” A apresentação da casa é de Manoel de Oliveira e nela cabe uma ideia de tempo cronológico, tempo biológico, tempo imaterial, de “um tempo que foi e um futuro que vai ser passado”. Uma casa é um corpo, um corpo é uma casa, é um mapa onde se desenham órgãos, músculos, tecidos, veias, e mesas, quadros, fotografias de família, escadas, as rosas e as máquinas. Manoel aponta para o lugar onde escreve a planificação dos seus filmes. Os filmes apontam – e revelam – o espírito, a inquietude, o desejo, convocam outras artes, os fantasmas, o enigma, uma noção de transcendência e de pertença – infinitesimal – a um certo contínuo. Naquele espaço conflui um tempo, daquele instante brota uma folha, uma pétala. A ramificação é extensa.


A literatura, o teatro, o pensamento, a música são elementos centrais no cinema de Oliveira. Este ciclo é composto de uma série de sessões nas quais se exploram as relações do cinema com algumas dessas artes (compartimentos, galhos..., para prosseguirmos a metáfora) e se potencia um diálogo de Oliveira com (e a partir de) grandes clássicos da cinematografia mundial. O desenho é simples: oito sessões, subordinadas a temas diversos (arquitectura, teatro, música, fotografia, dança, literatura, pintura e filosofia), discutidos por um grupo de pessoas de diferentes áreas e de diferentes gerações. O programa começa com uma apresentação de 15 minutos por cada uma das duas pessoas presentes, que é um modo de dar a ver e sublinhar sequências, planos, subtexto, linguagem simbólica, seguido de exibição do filme, e por fim discussão entre os dois de cerca de 30 / 45 minutos.


Para cinéfilos mais jovens, o programa permite, além do mais, a descoberta e o encontro em grande ecrã com filmes clássicos e com uma genealogia de autores como Jean Renoir, Visconti ou Mizoguchi na qual Manoel de Oliveira se insere. Na elaboração desta lista de clássicos, tivemos em atenção a sua relação com o cinema de Oliveira, mas, sobretudo, pensámos no modo como neles aparece enfatizada uma determinada disciplina artística, aquela que vai ser discutida pelos participantes. Assim, não é obrigatório que a relação com Oliveira apareça reflectida nos comentários. Excepto, é claro, no filme escolhido para abrir o ciclo: Visita ou Memórias e Confissões (1982-2015). Na escolha dos nomes, a paridade de género e o cruzamento de perspectivas foram uma preocupação; e procurámos vozes originais, estimulantes, fecundas. Modo de concretizar: ciclo de sessões mensais, aos sábados à tarde.


Anabela Mota Ribeiro

Conceção e moderação



PROGRAMA


08 OUT | SÁB | 17H00

CINEMA E ARQUITECTURA

VISITA OU MEMÓRIAS E CONFISSÕES
Manoel de Oliveira

PT | 1982-2015 | 68’

Com Catarina Mourão (cineasta) e Nuno Grande (arquitecto)


12 NOV | SÁB | 17H00

CINEMA E TEATRO

LE CARROSSE D’OR

Jean Renoir

FR, IT | 1952 | 103’

Com Marco Martins (cineasta) e Sara Carinhas (atriz)


10 DEZ | SÁB | 17H00

CINEMA E MÚSICA

SENSO

Luchino Visconti

FR, GR | 1954 | 93’

Com Joana Matos Frias (prof. de Literatura) e Paulo Pires do Vale (prof. e curador)


14 JAN | SÁB | 17H00

CINEMA E FOTOGRAFIA

LA JETÉE

Chris Marker

FR | 1962 | 28’

Com Filipa Ramos (curadora) e Sérgio Mah (curador)


11 FEV | SÁB | 17H00

CINEMA E DANÇA

MODERN TIMES

Charlie Chaplin

USA | 1937 | 87’

Com Cláudia Varejão (cineasta) e Maria José Fazenda (teórica da dança)


11 MAR | SÁB | 17H00

CINEMA E ESCRITA

LETTER FROM AN UNKNOWN WOMAN

Max Ophüls

USA | 1949 | 86’

Com Djaimilia Pereira de Almeida (escritora) e Rosa Maria Martelo (prof. de Literatura)


15 ABR | SÁB | 17H00

CINEMA E PINTURA

UTAMARO E AS SUAS CINCO MULHERES

Kenji Mizoguchi

JP | 1946 | 106’

Com Marta Mestre (curadora) e Nuno Crespo (crítico de arte e prof. de Filosofia)


13 MAI | SÁB | 17H00

CINEMA E TRANSCENDÊNCIA

A PALAVRA

Carl
Theodor Dreyer

DK | 1955 | 126’

Com Daniel Jonas (poeta) e João Constâncio (prof. de Filosofia)

A DECORRER

TERMINADAS

Digital Product by BondHabits