SEM CORPO / DISEMBODIED

Vera Mota
Galeria Contemporânea do Museu
25 NOV 2022 - 14 MAI 2023
Vera Mota SEM CORPO

roteiro da exposição

Com um percurso reflexivo e singular, Vera Mota (Porto, 1982) tem vindo a desenvolver o seu trabalho em torno das políticas do corpo, promovendo e equacionando a sua participação enquanto metodologia generativa e eixo para formulações conceptuais. Recorrendo sobretudo à escultura, desenho e performance, usufruindo da amplitude e permeabilidade que estas disciplinas oferecem, a sua prática artística convoca uma forte componente material.


Num processo em que o corpo se afirma como agente quase sempre indispensável, nele imprimindo os seus gestos e trânsitos, a performance emerge como meio de produção, composição ou mesmo encenação. Concedendo especial atenção à economia da presença, do esforço e da ação, a artista propõe sucessivos exercícios de reposicionamento do corpo, sujeitando-o por vezes a processos de erosão quase completa das suas características. Assumindo um animismo escultórico e reclamando outras perspetivas de corpo e materialidades, Vera Mota reavalia modos de representação, propondo processos e estratégias de desqualificação, transferência ou transfiguração de formas, estatuto ou funções, entre corpos ou as partes que o compõem.


SEM CORPO /DISEMBODIED, a primeira exposição da artista em contexto museológico - como que das mãos para a cabeça - propõe um diálogo permanente e tenso entre desenho e escultura, no qual o espectador se vê implicado.


Produzida pela Fundação de Serralves – Museu de Arte Contemporânea, Porto em estreita colaboração com a artista, a exposição tem curadoria de Filipa Loureiro.

Mecenas da Exposição

Vera Mota SEM CORPO

VER MENOS

VER MAIS

Vera Mota SEM CORPO
Vera Mota SEM CORPO

A DECORRER

TERMINADAS

Digital Product by BondHabits