Biblioteca

Apresentação

Seguinte

Vista aérea da sala da biblioteca


A Biblioteca de Serralves é uma biblioteca especializada em arte contemporânea pós-1960, nas suas diferentes manifestações — artes visuais, artes performativas, arquitetura, música — e abordagens — teoria e história da arte, políticas culturais, colecionismo, feiras e bienais, competições e concursos, educação cultural —, com particular ênfase nas temáticas e nos artistas apresentados no programa do Museu e representados na Coleção de Serralves.


Integrando mais de 50 mil entradas, entre catálogos de exposição, monografias, periódicos e registos de vídeo e áudio, o fundo documental da Biblioteca de Serralves serve não só a investigação subjacente à definição do programa e à produção das atividades desenvolvidas pela Direção do Museu, como a comunidade de leitores e investigadores que na Fundação procuram informação para desenvolverem o seu trabalho de pesquisa ou simplesmente aprofundarem o seu conhecimento sobre a arte contemporânea.

Dirigida sobretudo a investigadores, artistas, críticos de arte, arquitetos e estudantes universitários, a Biblioteca de Serralves disponibiliza um catálogo do seu acervo on-line.


O público pode ainda inscrever-se como Leitor no site da Biblioteca, estatuto que lhe permite garantir a disponibilidade dos títulos pretendidos para uma data e o acesso acompanhado às coleções documentais da Biblioteca – Coleção de Livros e Edições de artista (um acervo único no contexto ibérico que deu origem a mais de 50 exposições no mezanino da Biblioteca), a Coleção Melo e Castro (reúne exemplares de um dos movimentos artísticos mais interessantes do sec XX),  e duas coleções reunidas por ocasião da apresentação de duas exposições, Coleção Raymond Hains e Coleção Porto 60/70.


Os Arquivos, nomeadamente o Arquivo Álvaro Siza (doação de 40 projetos de um dos maiores nomes da arquitetura internacional), o Acervo Carlos Alberto Cabral (um magnífico espólio que documenta o projeto de construção da Casa e do Parque de Serralves), o Arquivo Fotográfico (imagens da Casa de Serralves, jardim, quinta, exposições, obras da coleção e atividades), e o Arquivo de Material Gráfico (compilação dos materiais produzidos no âmbito das atividades da fundação) encontram-se disponíveis ao público em geral, por marcação.