ARS AD HOC

Apresenta obras G. Kurtág, H. Lachenmann, D. Terranova, J. Moreira

Auditório
19 FEV 2023 | 18H00
ARS AD HOC Apresenta 19fev2023

O primeiro programa que o ars ad hoc apresenta em Serralves em 2023 é inteiramente composto por obras para cordas (solos e trios). Além do primeiro trio de cordas do compositor em destaque na temporada, Helmut Lachenmann (1935), o ars ad hoc dará à escuta, pela primeira vez em Portugal, um trio da italiana Daniela Terranova (1977) e fará a estreia absoluta de uma nova obra que o jovem e muito promissor compositor João Moreira (2004) escreveu para o agrupamento, na sequência da seleção de uma chamada de propostas que a Arte no Tempo lançou em setembro passado. A anteceder estas obras, o ars ad hoc interpreta algumas miniaturas do romeno György Kurtág (1926).


PROGRAMA

György Kurtág (1926)
Az hit… [1998] 3’
para violoncelo


In Nomine-all’ongherese [2001, rev. 2004] 4’
para viola solo

Doloroso [1992] 2’

para violino solo

Virág az ember, Mijakónak [2001] 1’30”
para trio de cordas



Daniela Terranova (1977)
Rainbow Dust in the Sky * [2018] ca 5′

para trio de cordas



Helmut Lachenmann (1935)
Trio de cordas nº 1 [1965] ca 12′



João Moreira (2004)

Atropos** [2022]

para trio de cordas

* 1ª audição em Portugal

** estreia absoluta



Diogo Coelho > violino
Francisco Lourenço > viola

Gonçalo Lélis > violoncelo
Diana Ferreira >programação artística

Matilde Andrade > controlo de luz



Coprodução: Fundação de Serralves e Arte no Tempo

Apoio

ARS AD HOC Apresenta 19fev2023

Coprodução

ARS AD HOC Apresenta 19fev2023

A DECORRER

TERMINADAS

Website desenvolvido por Bondhabits.
Agência de marketing digital e desenvolvimento de websites e desenvolvimento de apps mobile