DOMINGOS NA CASA DO CINEMA: MANOEL DE OLIVEIRA E O CINEMA PORTUGUÊS 1

Auditório da Casa do Cinema Manoel de Oliveira
19 MAR 2023 - 18 JUN 2023

Todos os filmes serão apresentados na sua língua original.
Por motivos de força maior o programa poderá ser alterado.

Os filmes Nazaré, Praia de Pescadores; Porto de Lisboa; Alfama, A Velha Lisboa; Tráfego e Estiva; Verão Coincidente; Almadraba Atuneira e Vilarinho das Furnas são apresentados com apoio do projeto FILMar, operacionalizado pela Cinemateca Portuguesa - Museu do Cinema, no âmbito do programa EEAGrants 2020-2024.

Bilhete (1 sessão): 3€

Estudante/Jovem, Maiores de 65 e Amigos de Serralves: 1,5€

O acesso ao Auditório da Casa do Cinema é feito pela Rua de Serralves nº 873, 30 minutos antes do início da sessão.

Ciclo CCMO Manoel de Oliveira e o cinema português 1

CICLO DE CINEMA E CONFERÊNCIAS

DOMINGOS NA CASA DO CINEMA
MANOEL DE OLIVEIRA E O CINEMA PORTUGUÊS 1

19 MAR – 18 JUN

Auditório da Casa do Cinema Manoel de Oliveira

Entre 1929, ano em que Manoel de Oliveira começou a filmar Douro, Faina Fluvial, e 1969, ano em que foi fundada a primeira cooperativa de cineastas em Portugal, o CPC — Centro Português de Cinema, passaram-se quatro décadas e com elas enormes modificações no modo como se foi fazendo cinema no país. Passou-se do mudo ao sonoro, do preto e branco à cor, dos suportes em nitrato de 35mm ao celuloide em diferentes formatos, do som ótico ao magnético. Com cada um destes avanços tecnológicos vieram novos modelos estéticos, do cinema de propaganda ao documentário industrial, das sinfonias urbanas ao cinema etnográfico, da comédia à portuguesa ao neorrealismo, e deste ao dito cinema de autor. Cada uma destas modificações trouxe novas possibilidades formais e narrativas, das quais Manoel de Oliveira foi, sistematicamente, entre nós um dos pioneiros, bem como novos modos de dar a ver (recorde-se a intensificação do movimento cineclubista a partir dos anos 1950). Este ciclo apresenta a escassa produção fílmica de Oliveira durante o Estado Novo, sempre em diálogo com a restante produção nacional, procurando estabelecer pontes entre obras que ora são marcos históricos e estéticos, ora advêm de afinidades pessoais entre os criadores ou da partilha de preocupações políticas. Todas as sessões serão precedidas por uma apresentação de um investigador na área do cinema português.


PROGRAMA

19 MAR | DOM | 18:00
NAZARÉ, PRAIA DE PESCADORES
José Leitão de Barros | 1929 | 16’ silent w/ EN sub.
DOURO, FAINA FLUVIAL
Manoel de Oliveira | 1931 (1934) | 18’ silent
versão com música de Luís de Freitas Branco
PORTO DE LISBOA

Paulo de Brito Aranha | 1934 | 13’
ALFAMA, A VELHA LISBOA
João de Almeida e Sá | 1930 | 32’ silent

Com apresentação de António Preto (diretor da Casa do Cinema Manoel de Oliveira e curador da exposição)


26 MAR | DOM SUN | 18:00 6 PM
LISBOA, CRÓNICA ANEDÓTICA
José Leitão de Barros | 1930 | 126’ silent w/ EN sub.

Com apresentação de Patrícia Castello Branco (professora e investigadora)


02 ABR APR | DOM SUN | 18:00 6 PM
FAMALICÃO
Manoel de Oliveira | 1940 | 23’ w/ EN sub.
A CANÇÃO DE LISBOA
José Cottinelli Telmo | 1933 | 93’ w/ EN sub.

Com apresentação de Maria Irene Aparício (professora e investigadora)


16 ABR | DOM | 18:00
MARÇANO PRECISA-SE
Fernando Lopes | 1962 | 6’
ANIKI-BÓBÓ
Manoel de Oliveira | 1942 | 68’ w/ EN sub.

Com apresentação de Carlos Natálio (professor e crítico)


23 ABR | DOM | 18:00
SALTIMBANCOS
Manuel Guimarães | 1951 | 93’

Com apresentação de Liliana Rosa (professora e investigadora)


30 ABR | DOM | 18:00
O PINTOR E A CIDADE
Manoel de Oliveira | 1956 | 27’ no dialogue
PAINÉIS DO PORTO
António Reis, César Guerra Leal | 1963 | 16’ w/ EN sub.
DO CÉU AO RIO
António Reis, César Guerra Leal | 1964 | 17’ w/ EN sub.
TRÁFEGO E ESTIVA
Manuel Guimarães | 1967 | 17min.

Com apresentação de de Tiago Bartolomeu Costa (coordenador do projeto FilMar)


07 MAI | DOM | 18:00
VERÃO COINCIDENTE
António de Macedo | 1963 | 14’ 
O PÃO
Manoel de Oliveira | 1959-1963 | 59’
versão longa w/ EN sub.

Com apresentação de de Luísa Veloso (professora e investigadora)


14 MAI | DOM | 18:00
VENEZIA

Carlos Calvet | 1959 | 10’ no dialogue
O ESPELHO DA CIDADE
Vasco Branco | 1961 | 10’ no dialogue
AUTO DA FLORIPES
Secção Experimental do Cineclube do Porto | 1962 | 58’ w/ EN sub.

Com apresentação de Paulo Cunha (professor e investigador)


21 MAI | DOM | 18:00
ALMADRABA ATUNEIRA
António Campos | 1961 | 27’ w/ EN sub.
ACTO DA PRIMAVERA
Manoel de Oliveira | 1963 | 90’ w/ EN sub.

Com apresentação de António Preto (diretor da Casa do Cinema Manoel de Oliveira e curador da exposição)


28 MAI | DOM | 18:00
SEVER DO VOUGA – UMA EXPERIÊNCIA
Paulo Rocha | 1971 | 29’
VILARINHO DAS FURNAS
António Campos | 1971 | 77’ w/ EN sub.

Com apresentação de Ricardo Vieira Lisboa (programador e crítico)


11 JUN | DOM | 18:00
AS PINTURAS DO MEU IRMÃO JÚLIO
Manoel de Oliveira | 1965 | 16’ no dialogue
CHAGALL – BREVE A LUA, LUA CHEIA, VIRÁ APARECER
António Campos | 1967 | 14’ no dialogue
ALMADA NEGREIROS, VIVO HOJE
António de Macedo | 1969 | 25’
SOPHIA DE MELLO BREYNER ANDERSEN
João César Monteiro | 1969 | 17’ w/ EN sub.
JAIME
António Reis | 1974 | 35’ w/ EN sub.

Com apresentação de Susana Viegas (professora e investigadora)


18 JUN | DOM SUN | 18:00 6 PM
A CAÇA
Manoel de Oliveira | 1964 | 21’ w/ EN sub.
OS VERDES ANOS
Paulo Rocha | 1963 | Paulo Rocha | 91’ w/ EN sub.

Com a apresentação de João Mário Grilo (professor, realizador e curador da exposição)


Os filmes Nazaré, Praia de Pescadores; Porto de Lisboa; Alfama, A Velha Lisboa; Tráfego e Estiva; Verão Coincidente; Almadraba Atuneira Vilarinho das Furnas são apresentados com apoio do projeto FILMar,
operacionalizado pela Cinemateca Portuguesa - Museu do Cinema, no âmbito do programa EEAGrants
2020-2024.


CONFERÊNCIAS

 

22 ABR | SÁB | 18h00

ANTÓNIO PRETO E JOÃO MÁRIO GRILO

Curadores da exposição

 

06 MAI | SÁB | 18h00

JOSÉ MANUEL COSTA

Diretor da Cinemateca Portuguesa – Museu do Cinema


VER MENOS

VER MAIS

Ciclo CCMO Manoel de Oliveira e o cinema português 1
Ciclo CCMO Manoel de Oliveira e o cinema português 1

A DECORRER

TERMINADAS

Website desenvolvido por Bondhabits. Agência de marketing digital e desenvolvimento de websites e desenvolvimento de apps mobile