L’INDISCRET | LE PARIS DES MANNEQUINS

Auditório da Casa do Cinema Manoel de Oliveira
03 JUL 2022 | 18H00

Todos os filmes serão apresentados na sua língua original e legendados em português.

Por motivos de força maior o programa poderá ser alterado.


__________


Acesso

Bilhete (1 sessão): 3€

Estudante/Jovem, Maiores de 65 e Amigos de Serralves: 1,5€

O acesso ao Auditório da Casa do Cinema é feito pela Rua de Serralves nº 873, 30 minutos antes do início da sessão.

Pad2 800x450 cover

SESSÃO CINEMA: L’INDISCRET | LE PARIS DES MANNEQUINS

FR | 1968, 1963 | 102 min.

LE PARIS DES MANNEQUINS

FR | 1963 | 11 min.


Paris é o cenário ideal para os fotógrafos de moda fazerem o seu trabalho. François Reichenbach acompanha várias sessões fotográficas que invadem as ruas mais pitorescas e os monumentos mais populares da capital francesa, transformando-os em autênticas passerelles a céu aberto. O foco do realizador repousa no alheamento dos fotógrafos e das modelos face à vida atribulada da cidade. Essas inusitadas performances, que irrompem pelos lugares mais pacatos ou movimentados, chamam a si os inevitáveis curiosos e Reichenbach filma tanto uns como outros com a mesma dedicação.


L’INDISCRET

FR | 1968 | 91 min.


A bordo do paquete "France", os modelos Jean-Jacques e Kim posam para um foto-romance. A cena do casamento que interpretam com convicção intriga os restantes passageiros do navio que, nas margens, observam atentos. Especialmente Sylvie, que rapidamente se apaixona pelo belo rapaz. François Reichenbach, "o indiscreto", observa todo este teatro humano e aparece enquanto tal, na personagem de filmeur intrometido. A sua câmara regista as reações deste conjunto de personagens em diferentes níveis de encenação: a ficção do romance, o documental da observação e o ensaístico do meta-cinema. O filme foi exibido nos festivais de Veneza e de Berlim, em 1969. Esta será a primeira apresentação mundial da cópia digital restaurada do filme.



O ciclo François Reichenbach, o cineasta indiscreto é uma coprodução entre a Casa do Cinema Manoel de Oliveira – Fundação de Serralves e o Curtas Vila do Conde – Festival Internacional de Cinema.

On going

Past