SESSÃO DE CINEMA E CONVERSA: ORDET [A PALAVRA]

UM FILME FALADO - CINEMA E TRANSCENDÊNCIA
Auditório da Casa do Cinema Manoel de Oliveira
13 MAI 2023

17H00

Todos os filmes serão apresentados na sua língua original e legendados em português.

Por motivos de força maior o programa poderá ser alterado.

Acesso

Bilhete (1 sessão): 3€

Estudante/Jovem, Maiores de 65 e Amigos de Serralves: 1,5€

O acesso ao Auditório da Casa do Cinema é feito pela Rua de Serralves nº 873, 30 minutos antes do início da sessão.

Comprar Bilhete

UM FILME FALADO - CINEMA E TRANSCENDÊNCIA

13 MAI | SÁB | 17H00

CINEMA E TRANSCENDÊNCIA

ORDET [A PALAVRA]

Carl Theodor Dreyer

DK | 1955 | 126’

Seguido de conversa com Daniel Jonas (poeta) e João Constâncio (prof. de Filosofia), moderada por Anabela Mota Ribeiro

Em 2 de setembro de 1932 Carl Theodor Dreyer encontrava-se entre a assistência na estreia da peça de Kaj Munk (1898 - 1944), Ordet. Impressionado, Dreyer decidiu-se de imediato a fazer dela um filme, o que só se concretizaria depois de uma longa e cuidadosa preparação, 23 anos mais tarde, em 1955 (sendo que ao longo dessas duas décadas só conseguira fazer uma outra longa-metragem, Dia de Cólera, tudo por causa do desastre comercial que foi a estreia de Vampyr). Ordet é, talvez, a obra cinematográfica que melhor põe em cena a questão da fé, construída inteiramente à volta da interrogação: a palavra (“ordet” em dinamarquês) pode chegar até Deus e Este responder-lhe? Sobre este filme, José Régio escreveu que era “uma apologia da fé levada ao extremo limite.” A exibir em cópia digital restaurada.


Filme apresentado no contexto do ciclo Um Filme Falado ou o Cinema e as Outras Artes, concebido por Anabela Mota Ribeiro. A sessão contará com uma apresentação e será seguida por uma conversa com o poeta Daniel Jonas e o professor de Filosofia João Constâncio sobre a relação entre cinema e transcendência.

A DECORRER

TERMINADAS

Digital Product by BondHabits