Mais
do que um metro quadrado

obras da Coleção de Serralves
Foyer do Auditório
31 DEZ 2020 A 04 ABR 2021

Pedro Barateiro, Mauro Cerqueira, Filipa César, Gordon Matta-Clark, Jan Dibbets, Daniel Malhão, Bruce Nauman, Luís Palma, Paulo Pascoal, Fernando José Pereira, Gregor Schneider, João Paulo Serafim, Augusto Alves da Silva, Guy Tillim, Rui Toscano

 

“Mais do que um metro quadrado” apresenta um conjunto de fotografias e vídeos da Coleção de Serralves em que se revela vários espaços domésticos e públicos: um cinema, uma biblioteca, um camarim de teatro, um palco ou uma repartição, mas também vestígios de arqueologia recente de uma fábrica inativa ou de um hotel abandonado.

 

Os edifícios e as ruas são mais do que as paredes, os telhados, a pedra e o cimento, são mais do que os materiais que os compõem e a geometria que os desenha. Os espaços destinam-se a diferentes utilizações e são vividos de formas distintas por quem os habita, neles trabalha ou simplesmente por quem por eles passa. Estas vidas, estes vestígios, estas memórias, acrescentam histórias a cada lugar e à paisagem que os circunda. Estas obras constituem diferentes abordagens à forma como o espaço é construído, percecionado e vivido, bem como à forma como as pessoas moldam e marcam os lugares por si habitados. 

 

Curadoria: Isabel Braga

Pad2 800x450 cover

A DECORRER

TERMINADAS

Não há atividades para apresentar

Não há atividades para apresentar

Image desktop
obras da Coleção de Serralves

Pedro Barateiro, Mauro Cerqueira, Filipa César, Gordon Matta-Clark, Jan Dibbets, Daniel Malhão, Bruce Nauman, Luís Palma, Paulo Pascoal, Fernando José Pereira, Gregor Schneider, João Paulo Serafim, Augusto Alves da Silva, Guy Tillim, Rui Toscano

 

“Mais do que um metro quadrado” apresenta um conjunto de fotografias e vídeos da Coleção de Serralves em que se revela vários espaços domésticos e públicos: um cinema, uma biblioteca, um camarim de teatro, um palco ou uma repartição, mas também vestígios de arqueologia recente de uma fábrica inativa ou de um hotel abandonado.

 

Os edifícios e as ruas são mais do que as paredes, os telhados, a pedra e o cimento, são mais do que os materiais que os compõem e a geometria que os desenha. Os espaços destinam-se a diferentes utilizações e são vividos de formas distintas por quem os habita, neles trabalha ou simplesmente por quem por eles passa. Estas vidas, estes vestígios, estas memórias, acrescentam histórias a cada lugar e à paisagem que os circunda. Estas obras constituem diferentes abordagens à forma como o espaço é construído, percecionado e vivido, bem como à forma como as pessoas moldam e marcam os lugares por si habitados. 

 

Curadoria: Isabel Braga